https://www.poetris.com/
Poemas : 

AMIGOS DAS LETRAS

 
Tags:  OITAVAS  
 
AMIGOS DAS LETRAS

Livro em punho, reúnem-se na praça
Para o Encontro Marcado desde a aurora…
Em meio ao burburinho, quem lá passa
Mal percebe a conversa vida afora,
Que o bronze, patinado, lhes embaça,
Enquanto a eternidade se demora.
Vates, deram à pena qualidades
Que envolvem suas almas de saudades.

E a cidade que viu seus nobres passos
Agora os rememora ternamente
Em cena que alheava dos cansaços
Pessoas que os indagam, frente a frente:
Imaginam nos livros os espaços
Onde a hora d’elas próprias se apresente…!
Ávidas de encontrar nas narrativas
Uma vaga certeza que estão vivas.

Belo Horizonte - 05 05 2021


Ubi caritas est vera
Deus ibi est.


 
Autor
RicardoC
Autor
 
Texto
Data
Leituras
115
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.