https://www.poetris.com/
Sonetos : 

Beija-flor (Amante infiel)

 
Tags:  amor    poema  
 
Bate tuas asas
no compasso dessa cor.
Na velocidade que abraças
esqueces até a dor.

Beije essa flor,
lacônico amante,
envolve-a com teu amor
Impulsivo e vibrante.

Sem tempo para fidelidade,
sem espaço para ficar,
na busca da tua saciedade.

Eterno amante infiel
voe para o próximo néctar,
na trilha de cobiçado mel.

 
Autor
Helio.Valim
 
Texto
Data
Leituras
72
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
6 pontos
4
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Erotides
Publicado: 07/06/2021 22:53  Atualizado: 07/06/2021 22:53
Colaborador
Usuário desde: 26/02/2020
Localidade: Brasileira
Mensagens: 975
 Re: Beija-flor (Amante infiel)
Tirou a minha inocência, eu crente que o beija-flor procurava o melhor néctar e a mais bela flor para dar para uma única donzela.