https://www.poetris.com/
Crónicas : 

UMA FLOR DORME NO TEU CORAÇÃO

 
Tags:  amor    coração    flor    bem    fraternidade    vidas  
 

O Amor é uma Flor que só nasce onde existe o BEM.
S.H.

Algo estranho está ocorrendo com o nosso Mundo.
Sei, e tu também o sabes. Não são necessárias muitas palavras para comprovar, basta olharmos à nossa volta, basta sentirmos as pessoas que nos rodeiam.
Sei, e tu o sabes, porque incontáveis vezes os nossos olhos choram, nossas mentes indagam inutilmente e nós sentimos quer este embrutecimento que anda pelo Mundo está querendo chegar até nossas almas, tal como sucedeu com milhares de pessoas, que já nem sonham e nem esperam, apenas andam pela vida, indiferentes.
Vejo e tu vês, como se odeiam, como se destroem e como é grande a insatisfação.
Tu sentes, como sinto, a solidão de cada Ser Humano, na procura de algo que já não se sabe o que é e nem onde está; choras, porque não compreendes que força poderosa é esta, que consegue trazer a intolerância para o seio da tua própria Família, e tuas Lágrimas são amargas, porque amas e sabes que te amam, mas apesar do amor, a distância se faz enorme.
Quantas vezes sentimos a alma embrutecida, revoltada e mesquinha!
Quantas vezes choramos, sem dor nem alegria – apenas choramos – por tudo o que não compreendemos, pela inutilidade do ódio e da violência que sacodem as pessoas.
No entanto, nos momentos de ternura e de encontro, percebemos a centelha Divina que habita em cada coração, a essência daquilo que realmente queremos ser. É algo que impede a nossa total decadência e o nosso desespero. É uma Flor que dorme no meu coração e no teu, e, enquanto não morrer esta Flor, as nossas Vidas terão Sonhos, Bondade, Alegria e Esperança. Estas Sementes Divinas impedirão que a indiferença e a amargura façam seus ninhos em nossas almas.
Tu sabes desta Flor encantada, sei também da sua existência.
Porém, muitas pessoas estão sufocando-a, estão descrendo deste Tesouro que têm em si e vão se tornando más, vazias, destruindo as esperanças daqueles que delas se aproximam.
Sinto, e tu sentes também o quanto é difícil percebermos a Flor da Bondade em meio à indiferença geral.
Mas, é necessário que a procuremos sempre, é preciso fazer renascer em nossos corações esta Chama de VIDA, que está querendo morrer, que está definhando aos poucos, por falta de cuidados.
Estamos todos perdendo o gosto da tolerância, do carinho e da Compreensão.
O Mundo está povoado de sentimentos vingativos, e está ficando cada vez mais triste, doente. Existem momentos em que te embruteces e desabafas que “não há mais Esperança”.
Sim, algo de muito estranho está a caminho, às vezes sentimos medo, até. A Humanidade está indo para o “fundo do poço”. Alguém disse, certa vez, que, para compreender a Luz e a Verdade, é necessário que se desça à escuridão, que se vá até “o fundo, onde existe somente lodo, mentiras. Muitos já foram até lá... alguns souberam retornar e reencontraram a Luz, e amaram a Pureza e a Verdade; outros, ficaram, porque descreram, porque não quiseram se purificar; porque mataram a Flor que havia nos seus Corações.
Tu sabes, e sei também, do Sofrimento que está no Mundo, da podridão e do embrutecimento que estão querendo chegar às nossas Almas. Mas ali não entrarão para ficar, porque sabemos e sentimos que uma Flor dorme no meu e no teu Coração, e nós não a deixaremos morrer.
Por causa desta Flor, a Humanidade se salvará, tu bem o sabes. Muitos a chamam de Paz, Fraternidade, Justiça; para outros, ela se chama Amizade, Compreensão, Auxílio. Milhares de Pessoas a conhecem como uma mão estendida, uma Palavra de apoio, o alimento físico que geralmente lhes falta.
O Nome que dou para esta Flor, que tanto significa para todos, é DEUS!
É preciso que O deixemos entrar em nossas Vidas, antes que elas se tornem uma casca vazia, somente adornada de vaidades inúteis.
Se em cada Coração puder Renascer novamente esta Flor, saberemos que somos capazes de transformar a Dor que está no Mundo.
Saberemos que ainda é possível crer num Futuro.

Saleti Hartmann
Poetisa


 
Autor
SALETI HARTMANN
 
Texto
Data
Leituras
45
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.