https://www.poetris.com/
Poemas : 

Errante

 
Sou a mesma alma errante que noutra noite quis falar de amor
Sou aquele em eterna busca do que possa aplacar estas dores
Guardo em mim a voz de quem já se foi para nunca mais voltar
Mas que me adverte a não desistir, olvidar essa ideia torturante
Esse desejo louco de estar lá novamente e burlar meu destino
Nas minhas orações lamento tua ausência, não te ver outra vez
De ter a voz a encontrar o vazio, todas vezes que me dirijo a ti
Sou, nesta solidão, a mesma alma errante que queria teu calor
Sou aquele que não esquece teu olhar ou teu cheiro de jasmim
Devo admitir que ainda vive em mim a emoção de te fazer amor
E que até ecoa em meus ouvidos o turbilhão que foi nossa vida
Mais veloz que o asfalto sob as rodas, plena de emoções também
Porque tu te foste sem me esperar, saíste pela porta sem avisar
Deixando-me a sofrer por um amor que nunca terminou, enfim
Sou a mesma alma errante, ébria, ainda em busca de teus braços
Sigo por tortos caminhos até que esta história um dia tenha fim


Dor e angústia protagonizam o show
Quando a noite vem, a mágica se faz
Nasce o poema das entranhas feridas
Então, abro as asas e voo ao infinito.




 
Autor
Mr.Sergius
 
Texto
Data
Leituras
133
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
2
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Erotides
Publicado: 28/07/2021 02:40  Atualizado: 28/07/2021 02:40
Colaborador
Usuário desde: 26/02/2020
Localidade: Brasileira
Mensagens: 1380
 Re: Errante
.
Lindo , quando você escreve sobre seu amor,
os sentimentos pula do meio das letras.
Eu já li uns três e foram perfeitos.
É um verdadeiro livro de poemas de amor, uma verdadeira história de amor