https://www.poetris.com/
Poemas : 

Vazio

 
e a tardinha que mais te recordo,
a tua silhueta no luz fusco,
sentada no paial,
enquanto as primeiras estrelas galgam no céu,

e assim que apareces nos meus sonhos,
teu rosto tem sempre um sorriso,
por vezes estendes-me a mão
e abraças-me,

são tão longínquas estas memorias,
pergunto se serão verdadeiras?

Que ferida ficou por sarar,
no amanhecer da vida,

é sempre o vazio que me move,
o vazio deixado por ti,

 
Autor
Rafaeldesousa
 
Texto
Data
Leituras
119
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.