https://www.poetris.com/
Poemas : 

Dia após dia

 
Uma taça de vinho, um solo do violino e a noite avança inquieta
É madrugada, ruas vazias inebriadas e uma pobre luz compassiva
Mal vai iluminar aos precários transeuntes em seu andar trêmulo
Olho os passantes pela janela tal qual invulgar cinema doméstico
Ouço o barulho de um resto de chuva que goteja como lamento
Sei que há tanto a observar em momentos sem grandeza heroica
Imagino-me estar preso ao longo braço d’um inescapável destino
Seria, então, esse silêncio inexpugnável, uma sólida sina cósmica
Ou será um fato corriqueiro do sorriso não coincidir nossa hora
Dia após dia, mais admito que essa dor obedece a leis ancestrais
Os dias amanhecem cansados e a rosa ao mar já não volta à areia
O que viria a nos aproximar transformou-se num muro entre nós
As estradas, antes luminosas e febris, estão vazias e vão ao vazio
Quero crer que esta angústia partirá a seguir as nuvens que vão
Para que se salve este vinho, pois não é hora de voltar ou morrer




Dor e angústia protagonizam o show
Quando a noite vem, a mágica se faz
Nasce o poema das entranhas feridas
Então, abro as asas e voo ao infinito.




 
Autor
Mr.Sergius
 
Texto
Data
Leituras
156
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
12 pontos
6
3
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Legan
Publicado: 26/10/2021 23:54  Atualizado: 26/10/2021 23:54
Colaborador
Usuário desde: 26/01/2010
Localidade: Algures em Trás-os-Montes
Mensagens: 649
 Re: Dia após dia
Já faz muito tempo que não bebo um bom copo de vinho a ouvir um bom concerto acústico ao vivo...

Em alguns desses concertos ficava sentado no meu canto também a observar as pessoas enquanto a musica ia e vinha, então quanto tocava aquela musica especial, lá vinha a nostalgia e a angústia... Desculpe divagar assim.

Um brinde ao seu poema.

Abraço


Enviado por Tópico
Simonekarinna*
Publicado: 28/10/2021 06:17  Atualizado: 28/10/2021 06:17
Super Participativo
Usuário desde: 14/10/2021
Localidade:
Mensagens: 124
 Re: Dia após dia
*vivo algo assim...e me vesti com teus versos por uns instantes...A realidade avoluma-se em frente a mim, mas divago, dia após dia, no q foi, no q nunca mais será...
Deambulei legal...rsrs.
Obrigada por esse momento.
Beijoka*


Enviado por Tópico
ZESILVEIRADOBRASIL
Publicado: 29/10/2021 14:59  Atualizado: 29/10/2021 15:01
Membro de honra
Usuário desde: 22/11/2018
Localidade: RIO - Brasil
Mensagens: 789
 Re: Dia após dia
Sem um comentário maior, qual é merecedor o seu poema, permita-me homenageá-lo então com um trecho do último samba canção que compus.

'Alumbramento'
...Mas noutro firmamento, faz sentido o momento
Do tinto bebido, em taças de cristal
Vai ficar na memória, parte da nossa história
No frescor da manhã...
Afasto a lucidez; e toda timidez
E adolescer sem demora
Te prometo na aurora, te amar outra vez
O primórdio é agora

Aquele abraço caRIOca!