https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Dança I

 
Dança

Entrei na sala
há hora marcada,
o cheiro a rosas era intenso
e tão agradável…
Senti não teres reparado
na minha presença…
Por momentos
pensei em voltar
para traz…
Olhei para mim,
de fato de lycra justo ao corpo
fez-me recuar a tempos
em que era ginasta…
Já tinham passado tantos anos…
Sem olhares para mim
puseste uma valsa a tocar
e estendeste-me a mão…
Caminhei para ti
reparando como estavas belo,
de cabelo amarrado
e olhar sensual…
Puxaste-me para ti
e fizeste meu corpo
dançar, voar…
Colado ao teu…
A harmonia dos corpos,
o ritmo dentro de nós,
parecia um quadro
com vida
onde duas almas deslizavam
e pairavam no ar
à espera do próximo passo.
Num compasso de espera
ficámos olhos nos olhos…
A nossa respiração confundia-se
devido ao espaço
entre as nossas bocas…
Teu peito arfava,
o desejo tornou-se intenso…
Recuámos o passo
e no final de uma vénia
ouvimos os aplausos
de uma assistência
até então ignorada....

7/02/2007

Tália
 
Autor
Tália
Autor
 
Texto
Data
Leituras
634
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Dionísio Dinis
Publicado: 10/02/2007 20:40  Atualizado: 10/02/2007 20:40
Da casa!
Usuário desde: 15/04/2006
Localidade:
Mensagens: 203
 Re: Dança I
Palavras que nos fazem desejar dançar também, palavras que contagiam de verdade!Gostei bastante!

Enviado por Tópico
goretidias
Publicado: 09/04/2007 21:27  Atualizado: 09/04/2007 21:27
Colaborador
Usuário desde: 08/04/2007
Localidade: Porto
Mensagens: 1237
 Re: Dança I
Estas suas danças fazem-nos fechar os olhos e imaginar uns braços fazendo-nos rodopiar... Um beijo