https://www.poetris.com/
Poemas : 

Lucidez ou Desatino

 
Por momentos, por instantes
as horas felizes da vida,
- numa morte constante -
vi passar sem despedidas!

Passou o sonho e a vaidade
a verdade e o amor
até passou a saudade
do silêncio e da dor!

Passou a noite, passou o dia
e chegou a madrugada
mas aquilo que eu sabia
afinal não era nada!

Porque o livro do destino
- que Deus deixou aberto! -
só Ele sabe do caminho
de quem pensa que está certo!

Ricardo Maria Louro


Ser Poeta é exilio
num pais de condenados
um tormento infinito
de mil olhos rejeitados!

Ricardo Maria Louro

 
Autor
Ricky
Autor
 
Texto
Data
Leituras
62
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.