https://www.poetris.com/
Poemas -> Esperança : 

Tranquilidade

 
O desejo de ser livre
De caminhar pelas manhãs
Com o coração tão leve como as plumas
Apenas um sorriso no rosto
E a tranquilidade na alma.

As borboletas voam inquietas
Se misturam as flores do jardim
Enquanto os pensamentos voam o infinito
Na busca eterna da realização plena
Uma vida tranquila é o sonho real.

Não precisamos tanto assim
De tentar alcançar uma vida feliz
Nem mesmo os melhores de nossos esforços
Poderiam ser capazes de conseguir
Mas, uma vida tranquila é o que nos basta.

Deitar a cabeça no travesseiro
E saber que a consciência está limpa
Que o sono será calmo e em profunda paz
É o que torna real a felicidade
E é mais preciso do que o ouro!

Quero viver a plena tranquilidade
Poder erguer os meus olhos para o horizonte
Viver a vida em sua plenitude
Sentir a brisa da manhã acariciar o meu rosto
E ter paz para continuar a caminhada.

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

 
Autor
Odairjsilva
 
Texto
Data
Leituras
108
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
16 pontos
4
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 26/05/2022 12:39  Atualizado: 27/05/2022 08:29
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29767
 Re: Tranquilidade
Viver a vida bem, isso é maravilhoso, onde nosso ser se faz nossa vivencia com muito mais prazer


Enviado por Tópico
MicaelaFerreira
Publicado: 30/05/2022 08:11  Atualizado: 30/05/2022 08:11
Colaborador
Usuário desde: 22/10/2020
Localidade:
Mensagens: 605
 Re: Tranquilidade
Maravilhoso. Que rica inspiração. Saudações poéticas!

Carpe diem