https://www.poetris.com/
Poemas -> Amor : 

A abrir o som das palavras.

 
Tags:  palavras    silêncio    som    sobriedade    desabotoar  
 
Quando nos braços ternos desta primavera, acendo a luz do dia que se perpetua, chegas como a primeira madrugada, e o silêncio é como o respirar do teu jardim perfumado.

Há dias que são como o sol que se ergue no seu esplendor, assim, esplendorosos, como a Luz que nos veste e aquece por dentro, a fecundar o âmago na transcendência de tudo o que nos toca.

E és-me assim como um céu de tulipas brancas, sem que um grão de areia sequer, deixe espaço entre mim e ti, na unicidade de tudo o que somos.

Depois do cântico que ecoa na voz do vento, sinto a melodia do nosso abraço, perfumar-nos a alma, como se o Outono se desnudasse ao ver-nos ali e numa paleta outonal, pintasse as sílabas de todas as palavras por dizer, ali, assim, a evocar a voz num tom suave, a desenhar no olhar a candura do bailado dos nossos olhos.

Cada expressão a desabotoar todo o sossego, na nítida impressão do tempo que naquele momento deixa a sobriedade tocar a paz que se insurge, assim, tão precisa e espontânea.

A vida corre, como correm os cavalos na pradaria, o pensamento embala-me na quietude da transparência e esta sensação que trago por dentro, esta vontade intensa de escutar o som quase impercetível do coração neste batuque suave, levanta os meus olhos e numa sensação absolutamente sóbria, faz-me sentir ali inteira, como se vestisse a comunhão por dentro em plenitude.

És como o som do silêncio, sinto o movimento das tuas mãos nas minhas como uma voz que não se cala, a abrir o som das palavras.

Alice Vaz de Barros


Alice Vaz De Barros

 
Autor
AliceVazDeBarros
 
Texto
Data
Leituras
85
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
6 pontos
2
2
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 08/12/2022 10:12  Atualizado: 08/12/2022 10:12
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29997
 Re: A abrir o som das palavras.
Linda e bela poesia que muito nos encanta com tamanha beleza poética adorável.

Palavras. Através delas construímos e explicamos, descobrimos, viajamos, terminamos, são elas as ferramentas de trabalho de todo ser humano que vive em sociedade e se comunica com os demais.
Independentemente do idioma, as palavras estão lá, com sua efemeridade e sua transcendência., onde tudo se completa

Enviado por Tópico
ALFA
Publicado: 09/12/2022 11:38  Atualizado: 09/12/2022 11:38
Colaborador
Usuário desde: 14/04/2015
Localidade:
Mensagens: 1393
 Re: A abrir o som das palavras.
As palavras valem mais que o ouro
Quando utilizadas na sua perfeição
Encerando em si o melhor tesouro
Pois são as que abrem, o coração!