https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Tristeza : 

Migalhas

 
Em montanhas e vales perdi-me,
Na densa escuridão,
Do meu caminho distraí-me,
E não tenho migalhas na mão,

Perdi o norte, perdi o rumo,
E não sei onde estou,
Sigo as pegadas no chão,
Sem saber para onde vou,

A estrada de lama em que sigo
O rasto apagado deste trilho,
Não sei se desta vez consigo
Dizer a meus pais onde anda seu filho,

Chamo por Deus, chamo por Anjos,
Por Santos e ajuda,
Preciso no fundo de alguém,
Alguém que me acuda,

Encontrar meu caminho de volta,
E sair deste labirinto,
Do buraco onde me enterrei,
Da angústia que agora sinto,

Terei de o fazer sozinho,
Sem resposta aos meus pedidos,
E mostrar a saída a todos,
A todos os que estão perdidos,

E concluir a minha missão, arranjando migalhas de pão…


Obrigado a tudo o que me inspira.

 
Autor
Ruben
Autor
 
Texto
Data
Leituras
573
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Le Tab
Publicado: 14/02/2007 16:44  Atualizado: 14/02/2007 16:44
Membro de honra
Usuário desde: 02/02/2007
Localidade: Lisboa
Mensagens: 1460
 Re: Migalhas
Triste, poema. Mas quem já nao se sentiu perdido. Com vontade de se matar, andar perdido por vezes faz bem para nos encontrarmos a nos proprios para saber um dia quem fomos e seremos. Bravo gostei, tristeza e grande reflexao. Abraços.