Sonetos : 

Explodindo

 
Tags:  vida    poesia    alegria    sonetos    cerveja    propaganda  
 
Ah, como eu gostaria
de escrever só o belo...
Porém o meu martelo,
condena a hipocrisia.

Vendo a vida vazia
que o povo está levando,
acabo não suportando
e explodindo na poesia.

O que parece alegria,
acaba virando tristeza,
quando o vício principia.

Aí o copo de cerveja,
que a propaganda anuncia,
desce que é uma beleza...

A.J. Cardiais
08.08.2011


Um poeta, um sonhador, um buscador, um hippie, um Anarquista... Sei lá! Um vagabundo, tentando melhorar o mundo.Open in new window

 
Autor
AJ_Cardiais
 
Texto
Data
Leituras
434
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.