https://www.poetris.com/
Poemas : 

Oxum

 
Tags:  poemas    alma    água    peito    rainha    deusa    Cachoeira    oxum  
 
Oxum, minha menina,
minha deusa faceira.
Abre em mim tua cachoeira
e lava minha alma
de toda sujeira...

Oxum, minha rainha.
Deusa da água doce.
Molda-me como se eu fosse
uma das tuas pedrinhas.

Leva-me no teu leito.
Acolhe-me em teu peito.
Nina-me com o teu balançar...

Eu vou dormir sossegado,
pois sei que estarei amparado...
Oxum não me deixa naufragar.

A.J. Cardiais
27.10.2006


Um poeta, um sonhador, um buscador, um hippie, um Anarquista... Sei lá! Um vagabundo, tentando melhorar o mundo.Open in new window

 
Autor
AJ_Cardiais
 
Texto
Data
Leituras
58
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.