Poemas : 

devaneios/ quadras soltas

 
Tags:  rimas    lua    orvalho    ninho    rosmaninho  
 
de aparência severa
vive o alecrim no monte
logo o rosmaninho quisera
viver ali mesmo defronte

só a chuva desvendava
o segredo do seu aroma
e a giesta que o amava
ao lado logo se assoma

gota de orvalho golpeia
a comovida papoila
logo surge a lua cheia
que faz sonhar a moçoila

-já a noite emudeceu
o bosque foi-se apagando
na saudade tu e eu
vamos Mozart escutando

no ir e vir dos pardais
no baile trémulo das borboletas
apaziguam os versos, meus ais
nas rimas essência dos poetas

vem o sol como um rio
e instala-se em meu peito
evoca memórias e o frio
leva-me as ideias a eito

pirilampo na noite imensa
acompanha a ave ao ninho
- já nada é minha pertença
só no monte o rosmaninho

natalia nuno
quadras de 6/2001
hoje andei a matar saudades das minhas quadras, duma simplicidade imensa, mas que me dão tanto prazer criar.


Na plenitude da felicidade, cada dia é uma vida inteira.
Johann Wolfgang Von Goethe



 
Autor
rosafogo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
741
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
12 pontos
8
2
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Sergius Dizioli
Publicado: 19/09/2023 01:31  Atualizado: 19/09/2023 01:31
Administrador
Usuário desde: 14/08/2018
Localidade: काठमाडौं (Nepal)
Mensagens: 2226
 Re: devaneios/ quadras soltas
A simplicidade a que te referes ao final, é meramente aparente. São figuras de uma simplicidade inerente mas usadas em uma construção bem elaborada e concisa. Poderia eu comparar às pirâmides do Egito: formas simples à vista, mas uma construção esmerada. Neste momento pensei em tomar uma estrofe como exemplo... mas qual? Cada uma se iguala na criação e nas imagens tão caras... pirilampos, borboletas, alecrim e papoulas.
Sinto o frescor dos versos. Sinto-me renovado. Saudações.


Enviado por Tópico
Aline Lima
Publicado: 19/09/2023 16:33  Atualizado: 19/09/2023 16:33
Usuário desde: 02/04/2012
Localidade: Brasília- Brasil
Mensagens: 666
 Re: devaneios/ quadras soltas para Rosafogo
Querida Rosafogo,

Lendo as suas quadras soltas, pude sentir toda a beleza da natureza e da música que você capturou. Suas palavras me levaram a um passeio através das paisagens e emoções, como se eu estivesse lá com você. As quadras são como janelas para pequenos momentos da vida, cheias de simplicidade e encanto.
Gostei muito.
Beijos.


Enviado por Tópico
Alpha
Publicado: 19/09/2023 18:49  Atualizado: 19/09/2023 18:49
Membro de honra
Usuário desde: 14/04/2015
Localidade:
Mensagens: 1992
 Re: devaneios/ quadras soltas
Olá, Natália

Quadras soltas em devaneio
São para mim uma perdição
Nelas me deito sem receio
E assim navegar na paixão...

As quadras são de facto uma das minhas grandes paixões, por isso só posso ficar muito satisfeito com as tuas quadras. No meu caso não sei quantas fiz mas são uma infinidade. Mas como voo nas asas da utopia de querer mudar o mundo, nunca as poderei contar nem organizar.

Beijinho


Enviado por Tópico
Alpha
Publicado: 30/09/2023 11:11  Atualizado: 30/09/2023 11:11
Membro de honra
Usuário desde: 14/04/2015
Localidade:
Mensagens: 1992
 Re: devaneios/ quadras soltas
Olá, Natália

Espero que esta ausência seja por bons motivos

Beijinho