https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Luta e vencedores fantasmas

 
Open in new window
Não, não me convidem,
Jamais vou à luta
Neste viveiro
De gente vendida

Gente vendida (…)
Gente que vê a lua
Pelo buraco d’agulha.
Gente pequena

Gente rendida
Ao cortejo da fatídica confraria,
Gente miúda,
Delapidadores da razão

Convidam-me
A esquecer meu nome,
E partir pra uma luta
Que já tem vencedor no fundo do pano

A esse tipo de luta,
Jamais recrutarei minha amada.
Prefiro ficar no meu cantinho de lágrimas,
E fazer das suas lágrimas, minhas lágrimas

Adelino Gomes--nhaca


Adelino Gomes

 
Autor
Upanhaca
Autor
 
Texto
Data
Leituras
314
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
13 pontos
3
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Upanhaca
Publicado: 28/11/2023 19:32  Atualizado: 28/11/2023 19:32
Usuário desde: 21/01/2015
Localidade: Lisboa/loures
Mensagens: 8231
 Re: Luta e vencedores fantasmas
Em uma luta, onde vencedores
São escolhidos entre os vencidos,
É uma luta programada
No quartel da simpatia.

Enviado por Tópico
Egéria
Publicado: 29/11/2023 15:03  Atualizado: 29/11/2023 15:03
Usuário desde: 28/09/2009
Localidade:
Mensagens: 845
 Re: Luta e vencedores fantasmas
Olá,
um poema fenomenal,
Parabéns.
Abraço