Poemas -> Amor : 

Trovas de amor e saudade VI

 

 
No peito, a saudade profunda, 
No olhar, o amor que seduz. 
Doce lembrança que abunda, 
Nos versos, te vejo em luz. 
 
II 
 
Na brisa que me acaricia, 
Sinto teu doce perfume no ar. 
Saudade é a tua delícia, 
Amor que não cabe no olhar. 
 
III 
 
No silêncio da noite escura, 
Teu nome ecoa em suspiro. 
Saudade é a chama que perdura, 
Amor no qual me inspiro. 
 
IV 
 
Nas estrelas, busco o teu olhar, 
Na lua, vejo teu sorriso. 
Saudade é o mar a me embalar, 
Amor que transcende o improviso. 
 

 
Na solidão que me acompanha, 
Teu abraço é a minha morada. 
Saudade é a sina que me ganha, 
Amor que nunca se desfaz na estrada. 
 
Trovas: Odair José, Poeta Cacerense

 
Autor
Odairjsilva
 
Texto
Data
Leituras
159
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
1
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
GabrielaMaria
Publicado: 04/03/2024 22:33  Atualizado: 04/03/2024 22:33
Membro de honra
Usuário desde: 04/09/2022
Localidade:
Mensagens: 1042
 Re: Trovas de amor e saudade VI
.

Ficou lindo, muito romântico. Abraços.