Poemas : 

não era para ser assim

 
continua...
não interrompas a meio as braçadas
que ficaram para trás.

tenho que ir...
mesmo com dois dedos apontados à fonte.

continua...
todo o tempo a procurar.te
sem saberes que eu andei perdida.

presa ao teu caos organizado
a juntar peças em segunda mão.

continua...
o rio dá a ideia de desfiladeiro
tem foz e nascente
pelo meio, só para que saibas tem muito chão.

( zona sísmica que me engolia,
eu David e tu Golias)

uma mistura de alien com rã.

o que acontece com as rãs quando se transformam?!

não mais deixam de coachar
comem tubarões.

sabes flutuar?


" An ye harm none, do what ye will "

 
Autor
HorrorisCausa
 
Texto
Data
Leituras
218
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
46 pontos
10
6
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Rogério Beça
Publicado: 05/06/2024 19:16  Atualizado: 05/06/2024 19:16
Usuário desde: 06/11/2007
Localidade:
Mensagens: 2029
 Re: não era para ser assim
Eu boio.
Às vezes parafuso.
O que é a foz de um desfiladeiro? O chão é um leito muito seco, por vezes.

A metamorfose das rãs e dos sapos muitas vezes dá em príncipes encantados. As sopas de barbatana de tubarão têm muita saída nos restaurantes chineses, ao virar da esquina.
Se achar é mau, co-achar é mais giro. É um trabalho de grupo.

Não era para ser assim.
Belo assado.

Abraço.




Enviado por Tópico
Gyl
Publicado: 06/06/2024 12:46  Atualizado: 06/06/2024 12:46
Usuário desde: 07/08/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 16113
 Re: não era para ser assim
Por isso, e por outras, que eu aprecio a arte literária, principalmente à poesia: Por causa dos infinitos sentidos (ou não) e por dessa magia gostosa de misturar rãs com tubarões e com Golias.


Enviado por Tópico
Alemtagus
Publicado: 06/06/2024 16:52  Atualizado: 06/06/2024 16:52
Membro de honra
Usuário desde: 24/12/2006
Localidade: Montemor-o-Novo
Mensagens: 3146
 Re: não era para ser assim p/ HorrorisCausa
Flutuei nas ondas destas águas estagnadas que, de quando em vez, sorriam. O contrassenso das ideias virtuais que se espelham em diversas realidades, nas leituras díspares de cada um. O quadro absurdo é mais abstracto que a ideia e as imagens que sobressaem das palavras, sem cores vivas e, como tal, sem destino. Basso e belo.

Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 07/06/2024 00:26  Atualizado: 07/06/2024 00:26
Membro de honra
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 18297
 Re: não era para ser assim
Não lembro do primeiro comentário. Até desanimei, pois estava off, sem o perceber. Lembro que morri por epílogos. E a morte mais simbólica para mim, foi a rã comer tubarões. Só quero saber flutuar… perdão pela falha. Bjs

Enviado por Tópico
MarySSantos
Publicado: 07/06/2024 23:53  Atualizado: 07/06/2024 23:53
Usuário desde: 06/06/2012
Localidade: Macapá/Amapá - Brasil
Mensagens: 5779
 Re: não era para ser assim
flutuar não sei
mas as vezes escorrego nas águas de desfiladeiros
e quase sempre saio inteira...
mas se me deparo com rã devorando tubarão, depois do peteleco que Davi deu em Golias, 'despalideço'.

Aff, acho que acabei flutuando


Abraços, HC

Enviado por Tópico
Liliana Jardim
Publicado: 12/06/2024 12:05  Atualizado: 12/06/2024 12:05
Usuário desde: 08/10/2007
Localidade: Caniço-Madeira
Mensagens: 4420
 Re: não era para ser assim
Ola Maria João

Dificuldades em te comentar...
Só te dizer que adorei voltar a ler-te

Beijinhos poetisa
Tudo de bom