https://www.poetris.com/
 
Textos : 

A vida é um foco de incêndio em Verão seco

 
Nada me incomoda e tudo me maltrata, nada me derruba mas tudo me desperta e cravo nas paredes uma angústia destilada e suada pela pele tatuada de sempres. Nunca haverão gritos tão altos como os meus, as nuvens descem para me ver gritar, não aguentam a minha dor meu amor. Nada neste momento se ficará, nada resta, nada me é suficiente que não sejam os teus braços a envolver-me. Não me dependo em nada mas te adoro tudo. Não me respiro, não me vivo e só na tua vida encontro sentido para a minha como se fosse possível acreditar numa vida que já não se tem. Nada me pertence. Eu sou do mundo inteiro e não sou de ninguém, nem de mim. Páro de andar às aranhas, esta teia não me prende mais. Quero voar! Quero sair de mim para me ser no espaço em volta, tempos que havia de inventar nas minhas dores, a vida é um foco de incêndio num Verão seco.

 
Autor
matilde
Autor
 
Texto
Data
Leituras
835
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Alemtagus
Publicado: 26/05/2008 19:20  Atualizado: 26/05/2008 19:20
Colaborador
Usuário desde: 24/12/2006
Localidade: Montemor-o-Novo
Mensagens: 2817
 Re: A vida é um foco de incêndio em Verão seco p/ matilde
Este texto tem bastante sumo, mas está tão concentrado que quase explode. São tantas as portas existentes na tua escrita que é apetecível continuar a ler, no entanto o leitor depara-se com um inergúmeno ponto final... Solta as palavras sem medo, desembrulha a história que te envolve, explora-te.

Beijo


Enviado por Tópico
Maria Verde
Publicado: 27/05/2008 02:44  Atualizado: 27/05/2008 02:44
Colaborador
Usuário desde: 20/01/2008
Localidade: SP
Mensagens: 3544
 Re: A vida é um foco de incêndio em Verão seco
Ah Matilde! aqui tens uma humilde fã de tua forte escrita!

beijo

Maria Verde