https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Reflexão : 

(100)PALAVRAS DE MIM

 
Onde poderei começar,
meu sentimento contar?
Que palavras vos direi?
Escreve-las agora não sei.

O sentido das palavras
de mim eu me desavim,
não as deixo sair das larvas,
podendo me vingar assim.

Queixar-me agora não sei,
seria tudo mal contado
- tudo o que antes pensei,
no silêncio foi levado.

É certo este meu fim,
a parte alguma irei,
a caneta foge de mim.
Onde será que errei?

Não sei o quê - ou quem é
causador de tudo isto,
talvez a minha falta de fé
nas palavras que não avisto.

Não ficou palavra alguma
desta vez para escrever
irei acabar só com uma,
não se pode ler – nem ver.


Jorge Oliveira

VISITE E COMENTE O MEU BLOG

Mais poemas em:


http://afacedossentidos.blogspot.com/

Direitos Reservados
 
Autor
quidam
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1507
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
16 pontos
4
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Vera Sousa
Publicado: 17/06/2008 22:49  Atualizado: 17/06/2008 22:49
Membro de honra
Usuário desde: 04/10/2006
Localidade: Amadora
Mensagens: 4100
 Re: (100)PALAVRAS DE MIM
Uma palavra secreta
Bem original!

Beijinhos


Enviado por Tópico
Henrique Pedro
Publicado: 17/06/2008 23:23  Atualizado: 17/06/2008 23:23
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2007
Localidade:
Mensagens: 3821
 Re: (100)PALAVRAS DE MIM
A jeito jogralesco mas muito bom Abraço