https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

Petróleo

 
Tags:  fome    alimentos    preços  
 
Há quanto tempo que não escrevo
Um poema com teor mais profundo.
É que ando um tanto desanimado,
Com tudo que acontece no mundo.

Não tenho muita vontade de falar,
Nem em descrever o que se passa,
Mas às vezes não consigo me calar,
De ver pouco fogo e muita fumaça.

O que acontecerá com o petróleo,
Que sobe todos os dias sem parar
E até onde que isto poderá chegar?

Se as altas continuarem deste jeito,
Vão encarecer todos os alimentos
E os pobres se nutrirão com ventos?


verde

 
Autor
João Marino Delize
 
Texto
Data
Leituras
2404
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Henrique Pedro
Publicado: 22/06/2008 09:38  Atualizado: 22/06/2008 09:38
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2007
Localidade:
Mensagens: 3821
 Re: Petróleo
Parabéns. Gostei. abraço

Enviado por Tópico
Alberto da fonseca
Publicado: 22/06/2008 10:33  Atualizado: 22/06/2008 10:33
Colaborador
Usuário desde: 01/12/2007
Localidade: Natural de Sacavém,residente em Les Vans sul da Ardéche França
Mensagens: 7113
 Re: Petróleo
Disse neste belopoema, toda a verdade, os abutres vão engordando e nós vamos ficando cada vez mais magros,Parabéns
Abraço amigo e bom domingo
A. da fonseca