https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

ETERNA PAIXÃO

 
A Chuva cai,
Leve, miúda,
Quase tímida,
Como carícia de amante
Em preliminar idílio...

A Terra recebe-a,
Sedenta, carente,
Oferece-se inteira,
Como sedutora amante
Em subtil atracção...

A Chuva aperta o abraço,
Lambe, afaga,
Languidamente firme,
Delineando rios,
Sulcando trilhos...

A Terra absorve, em êxtase,
Enamorada e fértil,
Generosamente ávida,
Suga a cadência que cresce,
Abrindo-se à Vida,
Fundindo-se, húmida...

O ritmo entontece...

A Chuva enlouquece,
A Terra estremece,
Em lasciva paixão...
E a vibração desse enlace
É orgasmo e essência
Da renovação...


Teresa Teixeira


 
Autor
Sterea
Autor
 
Texto
Data
Leituras
3099
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
16 pontos
6
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Henrique Pedro
Publicado: 28/07/2008 13:22  Atualizado: 28/07/2008 13:22
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2007
Localidade:
Mensagens: 3821
 Re: ETERNA PAIXÃO
Gostei deste poema ecológico. Beijinho


Enviado por Tópico
Ledalge
Publicado: 28/07/2008 15:57  Atualizado: 28/07/2008 15:57
Colaborador
Usuário desde: 24/07/2007
Localidade: BRASIL
Mensagens: 6880
 Re: ETERNA PAIXÃO
AS GOTAS DE CHUVA NA HORA DO AMOR, QUE SUTIL IMAGEM POÉTICA. COM POLIDEZ TU FIZESTE CHOVER BELEZA NO SITE. PARABÉNS! BEIJOS

Enviado por Tópico
ângelaLugo
Publicado: 28/07/2008 18:56  Atualizado: 28/07/2008 18:56
Colaborador
Usuário desde: 04/09/2006
Localidade: São Paulo - Brasil
Mensagens: 14968
 Re: ETERNA PAIXÃO p/ Sterea
Olá poetisa

Um pequeno momento de paixão
regado a pingos de chuva que
como o orgasmo da renovação
caiu em plena demonstração

Belo poema...Parabéns!

Beijinhos no coração

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 29/12/2009 11:50  Atualizado: 29/12/2009 11:50
 Re: ETERNA PAIXÃO
Ual...chuva de prazer
delicioso poema amei!

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 22/03/2020 15:08  Atualizado: 22/03/2020 15:08
 Re: ETERNA PAIXÃO
ao ler este poema lembrei-me duma frase do Carlos Drummond em que ele diz: sejamos pornográficos. pois, e de facto a poesia pode ter tudo, porque a poesia é vida, e a forma de expressão faz dela uma arte... maravilhosa, a mais... que me perdoem as outras mas, a mais bela. atrai-me a sensualidade da vida. da escrita, da... de tudo. eu gostei muito deste teu poema. fico muito triste ao pensar e constatar que o mundo está cada vez mais a leste para as coisas boas, mas, pode ser apenas impressão minha. uma boa tarde Teresa