https://www.poetris.com/
 
Crónicas : 

Não sei se o amor existe...

 
Não sei mesmo se o amor existe, se existe é como o tempo que passa e nunca mais volta.

Se existe, afirmo a pés juntos que não é para todos, só alguns são escolhidos, os pernetas e os mirolhos não têm direito ao seu quinhão.

No entanto muitos amores são vadios e desvanecem-se como nuvens no céu, as palavras ficam ao rubro, acesas, afiadas como agulhas. Por vezes a máscara cai e então surge o choro, a mágoa...

Outros passam por terrenos permeáveis, vazam tudo e nunca mais voltam ou se voltam, procuram caminhos novos, esticados, os velhos rugosos, cansados, não interessam para nada, são desvios a ter em conta e alvos a abater.

Na minha opinião ele desaparece quando é apertado pelos amantes ou quando chega o frio, mesmo em pleno aquecimento global. Nesse caso, não há nada a fazer, a doença é incurável e apesar da medicação ou do descanso em viagem nada o fará regressar à base.

É verdade, com muita pena minha, é assim!


Carolina

 
Autor
Carolina
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1156
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
28 pontos
28
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Karla Bardanza
Publicado: 02/08/2008 03:08  Atualizado: 02/08/2008 03:08
Colaborador
Usuário desde: 24/06/2007
Localidade:
Mensagens: 3491
 Re: Não sei se o amor existe...
Tuas dúvidas são as minhas, tuas certezas também...o amor deve existir...o problema é como mantê-lo vivo e eterno.

Beijo

Karla Bardanza


Enviado por Tópico
ângelaLugo
Publicado: 02/08/2008 04:00  Atualizado: 02/08/2008 04:00
Colaborador
Usuário desde: 04/09/2006
Localidade: São Paulo - Brasil
Mensagens: 14964
 Re: Não sei se o amor existe.. p/ Carolina.
Carolina querida

concordo com a Karla é mesmo tudo
o que ela falou e gostei desta tua
crônica tão realística...

Beijinhos no coração


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 02/08/2008 07:41  Atualizado: 02/08/2008 07:41
 Re: Não sei se o amor existe...P/CAROLINA
ESTIMADA POETISA GOSTEI DO TEMA QUE ABORDOU, PORÉM, E COMO SEMPRE COM TODA A SINCERIDADE E VIVÊNCIA, DISCORDO DE MUITO QUE DISSE, EMBORA A POETISA KARLA ESTEJA DE ACORDO CONSIGO.

IREI LOCALIZAR OS PONTOS DE MINHAS DISCORDÂNCIA, E POR FAVOR NÃO ME LEVE A MAL:

AMOR EXISTE E PARA TODOS, DEPENDE SOMENTE DE TER UM CORAÇÃO E SABER AMAR, TAL COMO O SOL QUANDO NASCE É PARA TODOS PORÉM MUITOS FOGEM DELE;

MUITOS PERNETAS E MIROLHOS, E ATÉ INVISUAIS SÃO CASADOS E VIVEM UM AMOR EM PLENO;

OS VELHOS RUGOSOS TAMBÉM TEM CORAÇÃO, TAMBÉM SABEM AMAR, E TALVEZ MELHOR QUE MUITOS JOVENS, BEM EU NÃO SOU UM JOVEM EM TERMOS DE IDADE TENHO 64 ANOS, SOU SIM UM JOVEM E CONTINUAREIA SER ATÉ AOS RESTOS DE MEUS DIAS, MAS MORALMENTE E DE ESPIRITO;

EU, TENHO DOIS AMORES MUITO ANTES DO MARCO PAULO CANTAR ESSA FAMOSA CANÇÃO E CANSADO NÃO ME SINTO, POR PARA AMAR EXISTEM MUITAS FORMAS;

SE EU FOSSE JOVEM, MAS AINDA TENHO UMA BOA VISTA, LHE ATIRAVA UMA VALENTE FLECHADA, POIS A PRIMEIRA E ÚNICA QUE ATIREI A UMA CONTERRANEA ESSA PENETROU, MAS DEPOIS DE EU ME AUSENTAR OUTRO CUPIDO TOMOU CONTA DO SEU CORAÇÃO.

COMO PODE DEDUZIR DESTAS MINHAS PARCAS PALAVRAS O AMOR EXISTE E DE QUE MANEIRA, MAS PELO QUE SEI ATRAVÉS DAS NOTÍCIAS VINDAS DE PORTUGAL, O AMOR POR ESSE JARDIM ANDA DE RASTOS, BASTA VEREM-SE OS NÚMEROS DE DIVÓRCIOS QUE POR LÁ VÃO, O PORQUÊ? BEM ESSE PORQUÊ, SOU OS CASAIS QUE ASSIM PROCEDERAM PODERÃO DIZELO.

COMO DISSE TENHO 64 ANOS DE IDADE E SOU CASADO HÁ 70 ANOS, 40 ANOS COM A ESPOSA PRIMEIRA E HÁ COM A ESPOSA SEGUNDA, TODOS VIVEMOS FELIZES, ALEGRES, DANDO E REPARTINDO O NOSSO AMOR, DESTE MATRIMÓNIO TENHO DOIS FILHOS DA PRIEMIRA ESPOSA, QUE É CHINESA, E DUAS NÉTINHAS, DA ESPOSA SEGUNDA QUE É TAUILANDESA TENHO FILHAS, TODAS ELAS TENDO O AMOR E CARINHO DESTE PAI QUE SABE AMAR E RESPEITA A TODOS.

PERGUNTARÁ, ENTÃO PORQUÊ TEM DUAS MULHERES?

A RESPOSTA É UMA JÁ DIZIA DEUS AMAIVOS UNS AOS OUTROS COMO ME AMASSEM A MIM, FAZER O BEM E AMAR NÃO É PECADO, QUERER SER POSSESSIVO, CONTROLAR TUDO E TODOS ISSO SIM NÃO CONDIZ NA SOCIEDADE ONDE VIVO.

O AMOR EXISTE.

UM ABRAÇO AMIGA CAROLINA, TEMOS SIM É MENTALIDADES DIFERENTES E CONCEITOS DE VIDA TOTALEMNETE DIFERENTES, MAS AMAMOS E SABEMOS AMAR.


Enviado por Tópico
VónyFerreira
Publicado: 02/08/2008 08:37  Atualizado: 02/08/2008 08:37
Membro de honra
Usuário desde: 14/05/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 9702
 Re: Não sei se o amor existe...
Acredito Carolina,
que um dia destes vais ser bafejada
pela sorte de encontrar um grande amor.
Desejo-te isso do fundo do coração.
Vóny Ferreira


Enviado por Tópico
Alberto da fonseca
Publicado: 02/08/2008 10:01  Atualizado: 02/08/2008 10:01
Colaborador
Usuário desde: 01/12/2007
Localidade: Natural de Sacavém,residente em Les Vans sul da Ardéche França
Mensagens: 7113
 Re: Não sei se o amor existe...
O amor, como amor, existe. Nós temos amor por alguém o que pode acontecer é que esse alguém não nos ame.
Amores para uma vida inteira, são raros mas acontecem.
O amor não se procura, acontece, é como a inspiração, quando menos esperamos, ele entre no nosso coração.
A Carolina, segundo Vóny, não tem um amor! Está com azar! Já tenho 76 anos, sou casado, senão ia já para o Minho, essa carinha laroca, merece ter um grande amor, até pela maneira que ela escreve , se vê que tem um grande coração

bjs poetisa e bom fim de semana

A. da fonseca


Enviado por Tópico
rickybar
Publicado: 02/08/2008 11:36  Atualizado: 02/08/2008 11:36
Da casa!
Usuário desde: 17/10/2006
Localidade: Rio de Janeiro
Mensagens: 225
 Re: Não sei se o amor existe...
é só deixar a porta aberta, qunado menos esperar ele entra!Open in new window


Enviado por Tópico
rickybar
Publicado: 02/08/2008 15:06  Atualizado: 02/08/2008 15:06
Da casa!
Usuário desde: 17/10/2006
Localidade: Rio de Janeiro
Mensagens: 225
 Re: Não sei se o amor existe...
Open in new window

Existe, é só entrar!


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 02/08/2008 15:56  Atualizado: 02/08/2008 15:56
 Re: Não sei se o amor existe...
Ele existe e assume a forma permitida pelo coração,
Às vezes eterno, noutras só uma forte paixão,
catastrófico como chuva de verão.
Deixando suas marcas e o corpo no chão
Como carrasco, dá couro, açoita o coração.

Os escombros mostram seu efeito
Nos olhos, se vê a dor do peito.
Na voz tremula, qualquer um sente...
O corpo não mente.
São efeitos dele qual impertinente.

A cachoeira formada
Ao olhar a amada
São lágrimas regando o chão
É sangue que destila o coração.

Coisas do amor.
-------------------------

A questão é que não o vemos na outra pessoa, não vemos o tamanho dele em quem diz nos amar...

Para muitos, ele realmente parece distante...


Beijos pra vc dançarina.
Saudades.

Enviado por Tópico
rickybar
Publicado: 02/08/2008 15:58  Atualizado: 02/08/2008 15:58
Da casa!
Usuário desde: 17/10/2006
Localidade: Rio de Janeiro
Mensagens: 225
 Re: Não sei se o amor existe...
Open in new window


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 02/08/2008 20:00  Atualizado: 02/08/2008 20:00
 Re: Não sei se o amor existe...
Querida Carolina,
Gostei do texto.Comungo com grande parte do teu pensamento/sentimento sobre o amor: é para poucos eleitos!O modo criativo com que escreves qualquer texto cai direto no agrado do leitor.
Bjins, Betha.


Enviado por Tópico
Pedra Filosofal
Publicado: 02/08/2008 22:29  Atualizado: 02/08/2008 22:29
Colaborador
Usuário desde: 17/09/2007
Localidade: Barreiro
Mensagens: 1279
 Re: Não sei se o amor existe...
Não sei se concorde ou não... Porque já vi muita gente sofrer por amar de mais, e outros porque amam de menos. Se calhar o meio termo só existe para alguns.
Mas dizia a minha ex-sogra que, sempre que se faz uma panela também se faz uma tampa. Podemos nem sempre saber onde anda uma das partes, mas existem as duas.

Beijos (as férias foram ou estão a ser boas?)


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 02/08/2008 23:36  Atualizado: 02/08/2008 23:36
 Re: Não sei se o amor existe...
Se o amor Existe?
Sim, é óbvio que sim!
Se não houvesse havia alguém no mundo feliz?
Eu não...

Parabéns, pois amei, escrito com bastante sentimento.


Enviado por Tópico
rickybar
Publicado: 02/08/2008 23:57  Atualizado: 02/08/2008 23:57
Da casa!
Usuário desde: 17/10/2006
Localidade: Rio de Janeiro
Mensagens: 225
 Re: Não sei se o amor existe...
Encontro em você a parceria perfeita...
Diurna ou noturna as rimas fluem.
Sinto o arranhar de desejos nas palavras
Como a mão que percorre o peito... os verbos conjugam do teu jeito!

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 03/08/2008 15:52  Atualizado: 03/08/2008 15:52
 Re: Não sei se o amor existe...
Minha amiga Carolina.

Só de nele pensar, já existe,
e a forma ideal de amor de seu desejo
existe em você tão bela quando a imagina.

Às vezes, disso descuidamos
mesmo assim, ele não se aborrece
e quando menos se espera está em nossos braços
em nosso coração.

Gosto de sua linguagem clara e bela

Parabéns

De um não poeta

Ulysses


Enviado por Tópico
gajomailindo
Publicado: 04/08/2008 13:58  Atualizado: 04/08/2008 13:58
Participativo
Usuário desde: 28/07/2008
Localidade:
Mensagens: 16
 Re: Não sei se o amor existe...
Escrevi isto em 2005... estava "escaldado", agora estou mais "mólinho" e permeável a lamechices.

"Há tartarugas ninja com uma casca de pistachio a substituir o olho direito, ainda há jaquinzinhos fritos, punhetas de bacalhau e túbaros em casas especializadas.
Mas amor? O amor deixou de ser fodido e passou a ser fedido, cheira mal!
É cadáver em decomposição!
Da estética do amor sobraram:
- A hormona saltitante;
- O pirilau dominante;
- A mamã, o papá, o avô, a avó e a tia ou tio (conforme);
- A comunhão de bens;
- Os dias promocionais (ex: 14/2);
- Os sentimentos de culpa;
- Bailes dos bombeiros;
- E os filmes a preto e branco.

O resto... Foi-se. A Foice da ceifeira levou tudo!
Em substituição temos acordos de exploração afectiva com ou sem mediadores, televisores, seguros de vida e uma casca de pistachio no lugar do olho da tartaruga.

Se já não há, nem se nota!"