https://www.poetris.com/
 
Crónicas : 

PORQUE HOJE É SÁBADO...

 
Tags:  igreja    moça    sábado    casamentos  
 




Porque hoje é sábado.


A moça saiu cedo do serviço... Porque hoje é sábado.
A moça que mora no sítio lavou a casa inteira... Porque hoje é sábado.
Por certo esta moça é trabalhadeira... Porque hoje é sábado.
Ela está esperando o namorado para sair... Porque hoje é sábado.
Com certeza esta noite vai se divertir... Porque hoje é sábado.
A empregada trabalhou até meio dia... Porque hoje é sábado.
Há uma semana ela não se divertia... Porque hoje é sabado.
A Noiva está esperando seu noivo em casa... Porque hoje é sábado.
Este ano ela acha que se casa... Porque hoje é sábado.
Na igreja há vários casamentos... Porque hoje é sábado.
Alguém vai ficar embriagado... Porque hoje é sábado.
E pode até voltar para casa carregado... Porque hoje é sábado.
O rapaz está lavando o carro... Porque hoje é sábado.
Passa alguém na rua e lhe tira "sarro"... Porque hoje é sábado.
A moça, para ir ao salão de beleza já pegou a trilha... Porque hoje é sabado.
Está querendo depilar até a virilha... Porque hoje é sabado.
A noite vai ter balada... Porque hoje é sábado.
A festa vai até madrugada... Porque hoje é sábado.
A adolescente diz que vai ver a amiga... Porque hoje é sábado.
Mas pode pegar até barriga... Porque hoje é sábado
Muitas adolescentes ficarão grávidas... Porque hoje é sábado.
Alguém vai adquirir o virus HIV... Porque hoje é sábado.
Mulheres vão apanhar de seus bêbados maridos ... Porque hoje é sabado.
No dia seguinte ficarão arrependidos... Porque hoje é sábado.
Hoje não haverá despedidas... Porque hoje é sábado.

jmd/Maringá, 13.09.08


verde

 
Autor
João Marino Delize
 
Texto
Data
Leituras
5328
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
23 pontos
23
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 15/09/2008 22:17  Atualizado: 16/09/2008 03:05
 Re: PORQUE HOJE É SÁBADO...
Muito bem! Extirparam as denúncias. Em respeito a todos nós; só está faltando extirpar o plágio.

José Silveira.

Enviado por Tópico
FabianaDaud
Publicado: 15/09/2008 22:20  Atualizado: 15/09/2008 22:22
Super Participativo
Usuário desde: 22/04/2008
Localidade:
Mensagens: 166
 Re: PORQUE HOJE É SABADO...p/ TrabisDeMentia
Veja, não estava argumentando com vc. Isto porque já temos leis que regulam a matéria aqui no Brasil. Pretendi sim colocar foco na configuração do plágio, nos termos da lei. Disso não tenho dúvida. Se quer argumentar, podemos discutir o texto legal brasileiro e as normas portuguesas sobre esse assunto. Para tratar de plágio, acho bem mais produtivo e fico à disposição.

Enviado por Tópico
Julio Saraiva
Publicado: 15/09/2008 22:31  Atualizado: 17/09/2008 04:24
Colaborador
Usuário desde: 13/10/2007
Localidade: São Paulo- Brasil
Mensagens: 4206
 Re: PORQUE HOJE É SÁBADO...
Fique tranquilo. Eu vou nem comentar.

Um abraço,

júlio

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 15/09/2008 22:53  Atualizado: 15/09/2008 22:56
 Re: PORQUE HOJE É SÁBADO...
Porra agora é sempre sábado?
Eu já li isto e não quero sequer que me expliquem porque é que estou sempre a ler o mesmo.
Eu acho, pesar de não querer que me expliquem porque raio é sempre sábado, que o João Marino não pode dizer que desconhece este mote, este refrão. Não conhece conscientemente, então tem que conhecer inconscientemente.
Dou crédito, apesar de não querer adivinhar todas as razões pelas quais é sempre sábado, a todos aqueles que dizem que há uma aproximação de ideias, de forma até, entre este texto e o poema do grande Vinícius.
E não deixo de dar algum crédito a quem defende as diferenças que também existem entre os dois.
O que não posso deixar de exprimir é uma opinião, e essa não precisa de sábado nenhum para ser dita:
É muito fácil dar créditos a quem os merece. Se eu gosto das palavras de um autor, se acho até que consigo dizer o mesmo numa forma de que gosto mais, que me custa então, para mais num espaço quiçá volúvel como este, criar uma nota onde explico isto ao leitor'
Afinal nenhum de nós subiu ainda ao patamar do estrelato...Afinal somos uns aprendizes de palavras.
Estou perfeitamente à vontade para dizer isto:
Abra-se por vezes a boca com vontade de dizer PLÁGIO, com a mesma vontade de dizer: como eu gostava de ser maior!
Pensam que eu também não?
Se calhar a minha diferença encontra semelhança em alguns:
Para mim É SEMPRE SEGUNDA FEIRA.
Disse.




Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 16/09/2008 00:57  Atualizado: 16/09/2008 00:57
 Re: PORQUE HOJE É SÁBADO...
João,

Desde a primeira postagem deste texto e sua repercussão estou matutando no assunto.Sou da geração que muito ouviu as músicas de Vinicius de Moraes com seus mais diversos parceiros.Nos discos, declamados entre as músicas deliciei-me com o Soneto da Fidelidade, O Soneto da Separação, O Dia da Criação entre outros.
Com pesar vejo que insistes no uso do refrão "porque hoje é sábado" e em manter o corpo do teu poema todo baseado num clássico da poesia brasileira, sem que seja dado o devido crédito a Vinicius de Moraes...
Sei que minha opinião não muda em nada a tua decisão, mas me pergunto se tal coisa acontecesse referente a um texto de Fernando Pessoa ou Camões...Tudo ficaria como está?
Perdeste uma admiradora e leitora!Bah, grandes coisas! Quem se importa?
Sucesso!
Betha.


Enviado por Tópico
fogomaduro
Publicado: 16/09/2008 11:55  Atualizado: 16/09/2008 14:19
Colaborador
Usuário desde: 06/08/2008
Localidade:
Mensagens: 1478
 Re: PORQUE HOJE É SÁBADO...
«Amor é um fogo que arde sem se ver;
É ferida que dói e não se sente;
É um contentamento descontente;
É dor que desatina sem doer.» [...]

Luís de Camões

Veja um possível aborto, às mãos de um poetastro que não cita as suas fontes:

Amor é lume que arde sem se ver;
É uma ferida que mói e não se sente;
É um contentamento mal contente;
É dor que desaustina sem doer.

Assina: Poetastro.

Sr. Delize, foi uma coisa semelhante, se não pior, o que fez, apagou e recidivou, com o poema de Vinícius, «O Dia da Criação».

Quanto a evidências, dado que é professor e até se prontificou a dar lições de poesia, se não leu ainda, indico-lhe o "Tratado da Evidência" do filósofo português, Fernando Gil.

E como pedagogo,
temo que a grande lição aos seus alunos, não seja ler, criar, pensar pela própria cabeça, mas imitar, copiar, plagiar, plagiar sempre. (Certamente que assim, na sua perspectiva, ficarão com uma elevada capacidade crítica para enfrentar a vida e as suas adversidades). Pense nisto.

E oxalá eu esteja enganado, e possa dar a mão à palmatória, a bem dos seus alunos.

Com os meus (des)cumprimentos,

DM







Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 16/09/2008 23:07  Atualizado: 16/09/2008 23:07
 Re: PORQUE HOJE É SÁBADO...
A sua atitude me faz sentir vergonha de ser uma brasileira aqui neste site. Torço para que aos poucos, a sua memória clareie, como num insigth ou seu inconsciente fale o que oculta até de si mesmo.Comento a sua resposta aqui:

"eu fico tranqüilo com minha consciência, pois a primeira vez que li o poema de Vinícius foi em 13.09.08. Em 1972 entre l8:00 e 19:00 da noite ouvi uma crônica na Rádio Bandeirantes de S.Paulo que tinha o título "Por que hoje é sábado"

Para quem não se lembra, detalhes com precisão onde como e a que horas tomou conhecimento do poema, está bem situado no espaço/tempo. e depois:

Não me lembro o locutor. Estou me esforçando: Se não me engano foi lida por José Paulo de Andrade, mas não tenho certeza."

POr pouco não lembra o número do telefone, a data do aniversário e outros detalhes do locutor.

"Este texto que não era um poema e deve ter ficado em meu incosciente e agora veio à tona."

Se entendí, Vinícius de Moraes, escreveu um texto, não um poema, cuja frase-chave é " Porque é hoje é sábado", e você gentimente o transformou em poema (?????), já nem se trata de passagem ao ato, mas passagem ao plágio.

"A responsável por este espaço poético, também lendo o poema de Vinícius, não considerou plágio e isto é o que me importa".

Não, o que importa, ou importava, era a atitude bacana de admitir uma falha,afinal ninguém é perfeito aqui.

"porque o "dono dos porcos sempre deve ser considerado mais inteligente que a porcada"
Abraço a todos, mas eu fico com minha consciência.

Ssaudações"

João Marino Delize.

Ainda se digna a enviar abraços à porcada? Talvez todos, afinal devêssemos agradecer tanta educação.
Bem, afinal, Vinicius ,o poeta "camarada", se risse dessa situação patética, mas convém que mais e mais seu inconsciente se aperceba de que isso não te enaltece em nada.
Lamentável!

Enviado por Tópico
Ledalge
Publicado: 16/09/2008 23:14  Atualizado: 16/09/2008 23:14
Colaborador
Usuário desde: 24/07/2007
Localidade: BRASIL
Mensagens: 6880
 Re: PORQUE HOJE É SÁBADO...
Porque hoje é sábado, porque o amor é fogo que arde, porque a lua é de prata...acredito que você usou essa expressão sem querer ofender ninguém; e até fez reviver velhos poetas, em novas consciências. Não vejo nada de anormal aqui. Aliás, se você fosse viver do poema, amigo, morreria de fome. Cabeça erguida e siga em frente! Eu, vez ou outra pego um mote aqui, um alí e teve um dia que me disseram arrotando caviar e comendo ovo: acho que já li algo parecido e a pessoa soltou o pum e não assumiu nada. E então disse: é mesmo, então me mostra que eu quero também ver...bulhufas!!! Tá vendo, como às vezes a gente incomoda? E tem mais, SOMOS BICHOS DO PARANÁ...Bjs



Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 18/09/2008 13:06  Atualizado: 18/09/2008 13:09
 Re: PORQUE HOJE É SÁBADO...
No meu comentário, que faço a este poema-crônica, acredito que bastaria, para efeitos de utilização de uma idéia de outro autor utilizar uma licença-poética referindo a autoria dos refrões "Porque hoje é sabado" pertencentes a Vinicius de Moraes. Existem coisas que fazemos e reformulamos. Não seria nada demais você fazer isso, por questão de humildade e respeito a uma idéia que já existe. Se você a ouviu através de uma crônica radiofônica, normal e daí, até porque não temos obrigação nenhuma de conhecer a obra de ninguém. Mas se vemos algo em nosso texto que não saibamos e seja de outro autor, reconheçamos. Os textos sempre serão intertextuais, seremos sempre uns citadores de outréns. Por exemplo. Usei uma frase-verso (dada por um outro autor para efeitos de mote) um verso de Antero de Quental que não conhecia. Descobri o soneto a pouco de Antero, e vou colocar isso lá, na pagina do meu soneto, intitulado HYMNUS ANIMAE.
Acredito que quando um autor forceja algo de outro resulta algo numa criação nova, assim como o seu caso. As questões de originalidade geralmente são insignificantes, embora tenhamos humildade para tomar certas medidas de não sair copiando ninguém. O tema de seu poema não lhes pertence, porém, nem por isso seu texto é menos seu, pois recriou e ressentiu o sentimento original de Vinicius, e o afeiçoou consoante a sua índole poética.
Pegue os refrões utilizados e diga que pertence ao Vinícius, e o sentimento original do poema é também dele. Não diminuirá em nada seu texto.

Abraços, Claudio Godi.


Enviado por Tópico
fogomaduro
Publicado: 28/09/2008 15:23  Atualizado: 01/10/2008 15:03
Colaborador
Usuário desde: 06/08/2008
Localidade:
Mensagens: 1478
 Re: PORQUE HOJE É SÁBADO...
Um esclarecimento: se não leu ainda, leia a minha "carta aberta a todos os luso-poetas"; verifique, e se acha que o meu texto não tem fundamento, diga-me das suas razões.

Todos nós erramos.

Aprender com os erros até pode ser uma virtude.

Tão-só a minha opinião.

DM