https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Filha de mãe nascida

 
Semente nascida,
Filha de mãe
Que se gera no chão
Ou na concha da mão
Por força terna...
Mão de chão,
Mãe com pai
Mão de mãe
E útero vivo
Nascente,
Livre e crente
Por nascida semente.

Semente crescida
Filha quase mãe
Que se lança no ar
Ou no vento a balançar
Por sopro de vida...
Vento de filha
Embalo de pai
Sopro de mãe
E útero que sente
Crer de adolescente
Ou vontade nascente
Que cresce, cresce.

Valdevinoxis


Nas troikas não há camaradas e da camaradagem não nascem troikas.


 
Autor
Valdevinoxis
 
Texto
Data
Leituras
2401
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Tália
Publicado: 09/04/2007 23:17  Atualizado: 09/04/2007 23:17
Colaborador
Usuário desde: 18/09/2006
Localidade: Lisboa
Mensagens: 2503
 Re: Filha de mãe nascida
E tu sopras as palavras em realidades da vida, duras, vividas, como se fossem apenas palavras ao vento que só as sente quem as apanhar.
Está magnifico
Beijo
Tália

Enviado por Tópico
MariaSousa
Publicado: 10/04/2007 21:37  Atualizado: 10/04/2007 21:37
Membro de honra
Usuário desde: 03/03/2007
Localidade: Lisboa
Mensagens: 4096
 Re: Filha de mãe nascida
Quando comecei a ler este poema pensei na Mãe Terra e em todos os seres que dela nascem. Não sei se me enganei... mas a fertilidade no feminino é marcante neste belo poema.

Sei que os poemas não são do autor mas sim de quem os lê Por isso falei dos sentimentos que ele me inspirou...

Bjs