https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Tristeza : 

SOU NADA

 
Tags:  tristeza    abandono    desalento  
 
E de novo

Sou nada

Caminho ao vento

À chuva

Ao lamento

Deambulo sozinha

Pelo pensamento

E de novo

Sou nada

Alma rasgada

Em sofrimento

Cabeça perdida

Mão estendida

Esperança

E tormento

Na minha frente

A encruzilhada

Terra batida

Estrada asfaltada

Entro no túnel

Desesperada

Ao longe

A luz da esperança

Anunciada


M. TERESA SÁ CARVALHO




<a href="http://www.estantevirtual.com.br/" target="_blank" /><img src="http://www.estantevirtual.com.br/imag ... v_badge_1_200px.gif" border="0" width="200" height="227" /></a>

 
Autor
teresa
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1132
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
15 pontos
7
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 01/10/2008 23:39  Atualizado: 01/10/2008 23:39
 Re: SOU NADA
Um poema triste mas de uma grande beleza...essa luz pode bem ser a da esperança.

bjs

Enviado por Tópico
Fhatima
Publicado: 01/10/2008 23:42  Atualizado: 01/10/2008 23:42
Membro de honra
Usuário desde: 12/02/2008
Localidade: Joinville - SC
Mensagens: 3335
 Re: SOU NADA
Olá Teresa!

Tua poesia ditas brisas suaves de um solitário "EU", muito linda tuas palavras!

Beijinhos!

Fhatima

Enviado por Tópico
ailtoninweb
Publicado: 02/10/2008 03:54  Atualizado: 02/10/2008 03:54
Da casa!
Usuário desde: 02/08/2008
Localidade: Rio de Janeiro - Brasil
Mensagens: 203
 Re: SOU NADA
Olá, Teresa.

Ontem, ao acaso, descobri você aqui no Luso. Retorno e fico feliz por ver que tua poesia é definitivamente simples e bela, muito bela.

Teu poder de síntese, incrível. Parabéns mais uma vez. Mais um lindo poema e desta vez, com esperança a fechá-lo.

Fico feliz sempre que vejo a esperança fluir, mesmo na tristeza...

Abraço,

Ailton

Enviado por Tópico
ângelaLugo
Publicado: 02/10/2008 04:16  Atualizado: 02/10/2008 04:16
Colaborador
Usuário desde: 04/09/2006
Localidade: São Paulo - Brasil
Mensagens: 14852
 Re: SOU NADA P/ teresa
QUERIDA TEREZA

AINDA BEM QUE NO FIM DO TÚNEL TEM
A LUZ DA ESPERANÇA PARA PODER VER
UM MUNDO NOVO...LINDO POEMA

BEIJINHOS NO CORAÇÃO

Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 02/10/2008 10:05  Atualizado: 02/10/2008 10:05
Membro de honra
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 11076
 Re: SOU NADA
Teresa,
a luz da esperança está sempre lá ao fundo do túnel.
Beijinhos
nanda

Enviado por Tópico
VónyFerreira
Publicado: 02/10/2008 19:43  Atualizado: 02/10/2008 19:43
Membro de honra
Usuário desde: 14/05/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 10301
 Re: SOU NADA
A Teresa é tudo aquilo que quiser.
Nada não existe para uma pessoa que
revela tamanha sensibilidade e beleza
interior.
O seu poema é muito bonito.
Vóny Ferreira

Enviado por Tópico
elisabeteluisfialho
Publicado: 04/10/2008 19:17  Atualizado: 04/10/2008 19:17
Da casa!
Usuário desde: 01/07/2008
Localidade: Alcobaça
Mensagens: 464
 Re: SOU NADA
Mesmo que seja uma luz imaginada por nós...vale a pena agarrarmo-nos a ela...não deixa d ser uma LUZ
Gostei