https://www.poetris.com/
 
Contos : 

Desabafo de um cão

 
Ultimamente eu tenho andado tão sozinho. Estou sujo e a minha casinha também. Fico horas sem comer e beber. Abano o rabinho, mas ninguém me dá atenção; parece até que fiquei invisível.

Quando eu era mais novo, era a alegria da casa. Todos adoravam ficar comigo. Às vezes, eu ficava tão cansado, mas disfarçava o cansaço e fazia o que podia para divertir a minha menina.

Relembro com saudades dos nossos momentos felizes. Eu andava sempre limpo e bem alimentado. Ela dizia que eu era seu único e eterno amigo. Não me dividia com mais ninguém.

O que ela gostava mesmo era de vestir umas roupas esquisitas em mim e de pentear meus pêlos. Eu não gostava muito, ficava parecendo uma boneca. E ainda, coçava demais; eu só sossegava quando conseguia arrancar toda aquela roupa.

Eu não gostava de ficar só em casa, mas entendia que os meus donos tinham que trabalhar e a minha menina tinha que estudar. No momento em que eles voltavam, eu ia recebê-los no portão. Pulava e latia muito; eles me colocavam nos braços e diziam que estavam morrendo de saudades. Aquilo pra mim era a melhor hora do dia. Eu me sentia tão especial...

O tempo foi passando, eu cresci; ela também cresceu. Um dia desses, pulei em cima dela, esperando que saísse comigo no colo e me levasse para brincar. Ao invés disso, ganhei a maior bronca:

- Cachorro louco! Sai daqui pulguento, não quero que suje a minha roupa.

Eu apenas obedeci. Saí de perto dela pra não apanhar.

Sabe, eu não entendo esses humanos. Eles são uns bichos tão estranhos!

Às vezes, eu tenho vontade de ir embora, sair pelo mundo a fora à procura de um novo dono. Mas tenho medo do que eu vou encontrar. O mundo que eu conheço é o quintal aqui de casa. E afinal, será que a história não iria se repetir? Eu poderia conhecer alguém pra cuidar de mim e me amar, mas logo ia se cansar também. Acho que humano é tudo igual... Pensa que a gente é descartável!



Maria Liberdade

Publicado no livro
Antologia de Textos para Crianças - edição 2008 - Editora Br Letras CBJE
 
Autor
MariaLiberdade
 
Texto
Data
Leituras
3190
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
7 pontos
7
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
LuaBandida
Publicado: 07/10/2008 17:35  Atualizado: 07/10/2008 17:35
Novo Membro
Usuário desde: 31/08/2008
Localidade: Sesimbra
Mensagens: 7
 Re: Desabafo de um cão


Infelizmente o Homem não sabe acarinhar o seu melhor e mais fiel Amigo...

São tantos os 'meninos' abandonados e maltratados...

Bem haja pela partilha...


Enviado por Tópico
António MR Martins
Publicado: 07/10/2008 17:48  Atualizado: 07/10/2008 17:48
Colaborador
Usuário desde: 22/09/2008
Localidade: Ansião
Mensagens: 5058
 Re: Desabafo de um cão
Belo texto.
O homem só pensa nele próprio.
Neste exemplo do melhor amigo do homem, poderemos transpor para a relação humana e logo o animal diz: - Que bicho esquisito é o homem!...
Muito bom, muito bom mesmo.
Gostei imenso.
É novo membro deste sítio... concerteza, vou procurar ler mais coisas suas.
Pela amostra afirmo: . Vem aí qualidade!
As minhas felicitações e os meus cumprimentos de boas vindas.

Enviado por Tópico
Frederico Rego Jr
Publicado: 07/10/2008 18:12  Atualizado: 07/10/2008 18:12
Da casa!
Usuário desde: 15/01/2008
Localidade: Rio de Janeiro
Mensagens: 346
 Re: Desabafo de um cão
Infelizmente é assim que procede a " pérola de Deus", com os mais fracos . Valeu o texto desabafo.

Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 07/10/2008 18:16  Atualizado: 07/10/2008 18:16
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 11102
 Re: Desabafo de um cão
Maria,
Conseguiste pôr-me a chorar e sensibilizaste-me de uma maneira que só tenho para te dizer, bem hajas por escreveres tal antologia para crianças com tamanha sensibilidade.
Beijinhos
Nanda

Enviado por Tópico
SoniaNogueira
Publicado: 10/10/2008 00:35  Atualizado: 10/10/2008 00:35
Colaborador
Usuário desde: 31/10/2007
Localidade: Fortaleza
Mensagens: 622
 Re: Desabafo de um cão
Amei seu conto. Sabor de 10 pirulitos. Abs.

Enviado por Tópico
Luz&Sombra
Publicado: 12/10/2008 19:18  Atualizado: 12/10/2008 19:18
Da casa!
Usuário desde: 02/10/2007
Localidade: Cantinho à Beira Mar Plantado
Mensagens: 410
 Re: Desabafo de um cão p/ MariaLiberdade
Maria,

Adorei este seu poema!
Ele leva-nos a reflectir, na forma, displicente, como tratamos quem nos quer bem. Nesta estória, é um querido cãozinho, que sofre a dor, de se sentir desprezado, mas essa estória, é um apêndice, de tantas outras estórias, infelizmente iguais.


Precisamos de mais estórias desta, para que as consciências, despertem!

Um grande bem haja.
Beijinhos

APG

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 30/11/2008 22:53  Atualizado: 30/11/2008 22:53
 Re: Desabafo de um cão
Olá Lib

O teu conto escrito de forma simples torna-se grandioso. Transmitiste uma grande mensagem. Não me refiro à tua filha, mas aos crescidos:

Quem trata mal um animal define o seu carácter!

Eu tenho um gatarrão e trato-o como um de nós! Ele entende-me e dá-me um carinho exemplar para muitos adultos!
Este conto é uma história cheirando Amor!

Beijos com carinho