https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Vou sair...

 
Hoje vou a rua!...
Procurar as lágrimas,
na cara,
de quem não chora...

Ver os sorrisos
de medo,
de quem se toca...

Vou ver o medo
de quem
se esconde
em segredo.

Nas pedras
da calçada
vou tropeçar,
reflectir
e meditar.

Vou procurar
por toda a parte,
hei-de encontrar,
amor na arte
de olvidar.

Vou parar,
ver
e alcançar
na velocidade
no tempo.


Cristina Pinheiro Moita /Mim/

 
Autor
mim
Autor
 
Texto
Data
Leituras
611
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
12 pontos
12
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 15/10/2008 17:21  Atualizado: 15/10/2008 17:21
 Re: Vou sair...
A poesia vive disso mesmo:
sairmos de nós próprios.

Gostei imenso do poema.

Abraço.


Enviado por Tópico
Tânia Mara Camargo
Publicado: 15/10/2008 17:21  Atualizado: 15/10/2008 17:21
Colaborador
Usuário desde: 11/09/2007
Localidade:
Mensagens: 4263
 Re: Vou sair...
vais encontrar um outro amor a te esperar,
beijos!


Enviado por Tópico
Marlene
Publicado: 15/10/2008 21:10  Atualizado: 15/10/2008 21:10
Da casa!
Usuário desde: 08/05/2008
Localidade: Lisboa
Mensagens: 260
 Re: Vou sair...
Na vida também faz parte a procura e a observação dos outros,faz parte das arte de aprender.
E com sabedoria faz uma bela poesia.


Enviado por Tópico
zizo
Publicado: 15/10/2008 22:55  Atualizado: 15/10/2008 22:55
Da casa!
Usuário desde: 10/10/2008
Localidade:
Mensagens: 216
 Re: Vou sair...
Procurar o amor, sim vai encontrá-lo certamente.
Boa sorte!

Cumprimentos


Enviado por Tópico
Liliana Jardim
Publicado: 16/10/2008 02:37  Atualizado: 16/10/2008 02:38
Luso de Ouro
Usuário desde: 08/10/2007
Localidade: Caniço-Madeira
Mensagens: 4528
 Re: Vou sair...
Às vezes apetece-nos fazer isso mesmo amiga, sair e procurar nos rostos o lado bom do ser humano, aquele que por vezes não sentimos....
Encontrar aquilo que nos faz ser gente o amor, e procurando com paciencia encontrá-lo-ás...no sorriso de uma criança, nas lágrimas de alegria. nuns olhos meigos, no esvoaçar de uma borboleta...olha em tanta coisa podemos encontarar o amor mas será que "nós" o conseguimos ver?

Beijinhos, se não estivesse na Madeira, pedia para ir contigo nessa saida, sim á descoberta de mim, de ti, dos outros e do amor... de sermos simplesmente gente.

Tudo de bom para ti amiga


Enviado por Tópico
fogomaduro
Publicado: 16/10/2008 14:34  Atualizado: 16/10/2008 14:34
Colaborador
Usuário desde: 06/08/2008
Localidade:
Mensagens: 1478
 Re: Vou sair...
(E = mc ao quadrado)

Albert Einstein

( não ponho o quadrado como está na fórmula, porque não sei introduzir, neste sistema, o 2).

Gostei muito do seu poema.

DM