https://www.poetris.com/
 
Crónicas : 

histórias do coração

 
ESTA NOITE ,PERDI O SONO E FIQUEI LEMBANDO DAS HISTÓRIAS QUE VOCÊ , PAI, ME CONTAVA QUANDO EU ERA CRIANÇA NA HORA DE DORMIR.ENTÃO ME LEMBREI DAQUELA DO "CAVALO BRANCO". EU ADORAVA ESSA HISTÓRIA QUE FAZIA MINHA IMAGINAÇÃO VOAR. VOCÊ DIZIA: O CAVALO BRANCO ERA TÃO BRANCO,QUE SEU PELO E AS CRINAS PARECIAM DE ALGODÃO.... O CAVALO FOI PASSEAR NO CAMPO, ATRASESSOU O RIO E VIU UM CACHORINHO QUE NÃO SABIA NADAR SE AFOGANDO E O CAVALO O SALVOU. FICARAM AMIGOS . NO OUTRO DIA O CAVALO BRANCO FOI COLHER FLORES PARA A SABIÁ FAZER SEU NINHO NA ARVORE... DEPOIS FOI A VEZ DO PORQUINHO , DO BEZERRINHO, DO CABRITO E ASSIM TODOS OS ANIMAIS QUE TINHAMOS NA FAZENDA.TODO DIA O CAVALO BRANCO PRATICAVA UM ATO DE AMOR.UM DIA PEDI PARA ELE COMPRAR PRA MIM, ESSE LIVRO DO CAVALO BRANCO.ELE DISSE QUE QUANDO FOSSE A CIDADE, ELE COMPRARIA. MAS ESSE LIVRO NUNCA CHEGOU. UM DIA ELE DISSE: AMANHÂ VC BAI GANHAR UM PRESENTE.EU PERGUNTEI, É O LIVRO DO CAVALO BRANCO? ELE DISSE SIM. ESPEREI ANCIOSA O DIA SEGUINTE. QUANDO ACORDEI, LÁ ESTAVA ELE, NÃO O LIVRO, MAS SIM O LINDO CAVALO BRANCO DE VERDADE. SENTEI NA GRAMA E CHOREI DE TAMANHA FELICIDADE.ERA MEU AMIGO INSEPARAVEL. CRESCI, ESTUDEI MAGISTÉRIO, QUANDO A PROFESSORA DE PRÁTICA DE ENSINO, PEDIU QUE CADA ALUNA PREPARASSE UMA AULA PRA NOTA DO MES. ASSUNTO LIVRE. EU PREPAREI A MINHA SOBRE COMO CONTAR HISTÓRIA PARA CRIANÇAS. ARRANJEI GRAVURASEM REVISTAS, LIVROS, ET. SÓ PROCUREI FIGURAS DE ANIMAIS QUE O CAVALO BRANCO CONHECIA. MINHA AULA FOI ÓTIMA TIREI NOTA DEZ. ME PERGUNTARAM, ONDE EU LI ESSA HISTÓRIA. RESPONDI EU Ñ LI , MEU PAI É QUE CONTAVA PRA EU DORMIR.VC TEM AINDA ESSE LIVRO? EU DISSE NÃO. VOU PERGUNTAR AO MEU PAI ONDE ELE LEU. ASSIM FIZ. MEU PAI RESPONDEU, ESSA HISTORIA EU CONTAVA PRA VC DORMIR..ÑÃO ESTÁ EM LIVROS , É DO CORAÇÃO. CHOREI MUITO DE EMOÇÃO.PAI, SAUDADES DE VC.SE Ñ TIVESSE PARTIDO, HOJE EU QUERIA ESCUTAR MAIS UMA VEZ , A LINDA HISTÓRIA DO CAVALO BRANCO.
NEIDA MAGNAGO
Publicado

ESTA NOITE ,PERDI O SONO E FIQUEI LEMBANDO DAS HISTÓRIAS QUE VOCÊ , PAI, ME CONTAVA QUANDO EU ERA CRIANÇA NA HORA DE DORMIR.ENTÃO ME LEMBREI DAQUELA DO "CAVALO BRANCO". EU ADORAVA ESSA HISTÓRIA QUE FAZIA MINHA IMAGINAÇÃO VOAR. VOCÊ DIZIA: O CAVALO BRANCO ERA TÃO BRANCO,QUE SEU PELO E AS CRINAS PARECIAM DE ALGODÃO.... O CAVALO FOI PASSEAR NO CAMPO, ATRASESSOU O RIO E VIU UM CACHORINHO QUE NÃO SABIA NADAR SE AFOGANDO E O CAVALO O SALVOU. FICARAM AMIGOS . NO OUTRO DIA O CAVALO BRANCO FOI COLHER FLORES PARA A SABIÁ FAZER SEU NINHO NA ARVORE... DEPOIS FOI A VEZ DO PORQUINHO , DO BEZERRINHO, DO CABRITO E ASSIM TODOS OS ANIMAIS QUE TINHAMOS NA FAZENDA.TODO DIA O CAVALO BRANCO PRATICAVA UM ATO DE AMOR.UM DIA PEDI PARA ELE COMPRAR PRA MIM, ESSE LIVRO DO CAVALO BRANCO.ELE DISSE QUE QUANDO FOSSE A CIDADE, ELE COMPRARIA. MAS ESSE LIVRO NUNCA CHEGOU. UM DIA ELE DISSE: AMANHÂ VC BAI GANHAR UM PRESENTE.EU PERGUNTEI, É O LIVRO DO CAVALO BRANCO? ELE DISSE SIM. ESPEREI ANCIOSA O DIA SEGUINTE. QUANDO ACORDEI, LÁ ESTAVA ELE, NÃO O LIVRO, MAS SIM O LINDO CAVALO BRANCO DE VERDADE. SENTEI NA GRAMA E CHOREI DE TAMANHA FELICIDADE.ERA MEU AMIGO INSEPARAVEL. CRESCI, ESTUDEI MAGISTÉRIO, QUANDO A PROFESSORA DE PRÁTICA DE ENSINO, PEDIU QUE CADA ALUNA PREPARASSE UMA AULA PRA NOTA DO MES. ASSUNTO LIVRE. EU PREPAREI A MINHA SOBRE COMO CONTAR HISTÓRIA PARA CRIANÇAS. ARRANJEI GRAVURASEM REVISTAS, LIVROS, ET. SÓ PROCUREI FIGURAS DE ANIMAIS QUE O CAVALO BRANCO CONHECIA. MINHA AULA FOI ÓTIMA TIREI NOTA DEZ. ME PERGUNTARAM, ONDE EU LI ESSA HISTÓRIA. RESPONDI EU Ñ LI , MEU PAI É QUE CONTAVA PRA EU DORMIR.VC TEM AINDA ESSE LIVRO? EU DISSE NÃO. VOU PERGUNTAR AO MEU PAI ONDE ELE LEU. ASSIM FIZ. MEU PAI RESPONDEU, ESSA HISTORIA EU CONTAVA PRA VC DORMIR..ÑÃO ESTÁ EM LIVROS , É DO CORAÇÃO. CHOREI MUITO DE EMOÇÃO.PAI, SAUDADES DE VC.SE Ñ TIVESSE PARTIDO, HOJE EU QUERIA ESCUTAR MAIS UMA VEZ , A LINDA HISTÓRIA DO CAVALO BRANCO.
NEIDA MAGNAGO
Publicado
 
Autor
neida magnago
 
Texto
Data
Leituras
759
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.