https://www.poetris.com/
 
Prosas Poéticas : 

Um tango

 
Tags:  amor    paixão    prazer    ternura    sensualidade    doçura  
 
Sou espaço imenso, mar vazio onde teu corpo vem mergulhar. Sou estrela, sou firmamento onde tua alma vem brincar. Sou a tua essência, fragrância perdida em mil noites de encantar.Sou o teu sonho, o teu lume, a força que em ti reside, o teu acordar. Sou a magia que teu corpo faz vibrar, o choro triste que tua lágrima faz soltar. Sou o riso aberto que teus lábios me oferecem, sou a luz que de teus olhos emana quando na noite escura me procuras.

Mas sou igualmente, a criança perdida, entre labirintos de letras, lugares perdidos vazios de gentes. Sou a própria tristeza quando a luz se apaga, teatro sem actor, peça sem argumento que adormece em papel branco escrita. Sou um passe de magia, um escritor sem rumo, pequeno grande vagabundo. Sou aquilo que queres que seja, sou as minhas letras impressas em teu corpo, tatuagem perene que marca a tua pele.

Somos os som da música que ninguém consegue ouvir, a dança perpétua que seguimos, o beijo infinito que nos damos, o abraço apertado que nos oferecemos, um prenúncio de saudade que entre braços sustemos, como taça delicada com medo que a quebremos. Somos todo um oceano, mar aberto, tempestade incontrolável, fogo ardente que crepita no cume do monte.

Somos a rosa vermelha que seguramos durante um tango.

 
Autor
Noite
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1023
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
LuisaMargaridaRap
Publicado: 19/12/2008 13:24  Atualizado: 19/12/2008 13:24
Colaborador
Usuário desde: 19/08/2008
Localidade: Portalegre - Alentejo
Mensagens: 1512
 Re: Um tango
Sabes que eu adoro o Tango, embora não possua dotes de dançarina, acho uma dança muito sensual.
Gostei de ler este teu texto que todo ele transpira Tango...

bj

Luisa Raposo