https://www.poetris.com/
 
Prosas Poéticas : 

Uma lágrima quente

 
Apanhei vento esta tarde,nem frio
nem quente.
Apanhei um pouco de sol pouco presente.
escondido entre nuvens envergonhadas,
que queriam chorar de contente.
Apanhei um lágrima quente,
talvez de alguém que chorava,
lágrimas bastante molhadas..
Este céu..que se deixa esconder.
Fica triste sem poder.
Apanhei um lágrima quente,
de quem?
De um ser infinito que me chama,
vezes sem conta.
Como a vida me trama!
Sempre escorrego em tentação,
Encho de lágrimas este meu livre
coração.
Por isso quando olho céu, sinto
um lágrima quente.
Parece-me fresca..esta alma.
que nesta tarde de pouco sol
me acalma.



Iolanda Neiva
(muitas vezes falo só para mim,
e escrevo para que alguém me ouça)

 
Autor
iolanda neiva
 
Texto
Data
Leituras
975
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
21 pontos
5
0
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 22/12/2008 21:32  Atualizado: 22/12/2008 21:32
 Re: Uma lágrima quente
Como dizer o silêncio?

Se em folhagem de poema
me catais anacolutos
é vossa a fraude. A gema
não desce a sons prostitutos.

O saltério, diletante,
fere a Musa com um jasmim?
Só daí para diante
da busca estará o fim.

Aberta a porta selada,
sou pensada já não penso.
Se a Musa fica calada
como dizer o silêncio?

Atirar pérola a porco?
Não me queimo na parábola.
Em mãos que brincam com o fogo
é que eu não ponho a espada.

Dos confins, o peristilo
calo com pontas de fogo,
e desse casto sigilo
versos são só desafogo.

E também para que me lembrem
deixo-os no mercado negro,
que neles glórias se vendem
e eu não sou só desapego.

Raiz de Deus entre os dentes,
aí, pára a transmissão.
Ultra-sons dessas nascentes
só aves entenderão.



Natália Correia
Poesia Completa
Publicações Dom Quixote
1999

Este comentário é simplesmente a minha oferta de Natal.

Beijos

Feliz Natal


Enviado por Tópico
AnaCoelho
Publicado: 22/12/2008 21:46  Atualizado: 22/12/2008 21:46
Colaborador
Usuário desde: 09/05/2008
Localidade: Carregado-Alenquer
Mensagens: 12081
 Re: Uma lágrima quente
Adorei este poema talvez porque hoje me sinta assim...
Vou guarda-lo comigo.

Beijos

Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 26/12/2008 23:57  Atualizado: 26/12/2008 23:57
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 11172
 Re: Uma lágrima quente
Lindo, Iolanda
Poema pleno de sentimento e de imaginação, apetece ouvi-lo declamado por alguém e senti-lo de olhos fechados.
Beijinhos na alma
Nanda
Feliz Ano Novo
Open in new window

Enviado por Tópico
António MR Martins
Publicado: 27/12/2008 00:05  Atualizado: 27/12/2008 00:05
Colaborador
Usuário desde: 22/09/2008
Localidade: Ansião
Mensagens: 5064
 Re: Uma lágrima quente
Iolanda,

Poeticamente bela sua postagem.

Gostei imenso.

Beijinho