https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Saudade : 

INFÂNCIA

 
INFÂNCIA

Chamavam-me Mimi
tinha apenas quatro anos
e nas planícies Alentejanas
a Salomé e o Toni
eram os meus companheiros
do baloiço e das tropelias infantis,
pelas horas mornas e vagas
baloiçava ... baloiçava ...
lembro que foi construído
pelo meu pai
e era a minha paixão ...

Lá ao longe
azinheiras repletas de sonhos
e frondosos ramos
de sombra fresca
que irão perder-se
na imensidão das lágrimas
da chuva que escorrem
pelo meu vestido cor-de-rosa,
caindo aos meus pés,
criando poças de água
cristalina, por onde espreitam
imagens esvanecidas
mas sempre presentes
no meu coração ...


A.Sobral



 
Autor
ASobral
Autor
 
Texto
Data
Leituras
472
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.