https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Sociais : 

Vestido de Maltrapilho

 
Vestido de Maltrapilho
 
 
Na noite no escuro e no frio,
vai procurando no rasto da sorte
seguindo em paralelo com a morte.

Em rios de sequências mudas
nos prefixos dos entes
de quem já segue, sem norte.

Vai seguindo a monte,
em pé descalço e frio,
vestido de maltrapilho,
com o rosto rosado do frio.

Foi quem desta noite fugiu,
procurando outro sitio,
de solidão se vestiu
e ao relento dormiu.

Como um rato
o caixote do lixo, evadiu.
Numa alma sofrida
abriu os braços
ao céu
e a prenda emergiu...

Pois encontrou o resto da gula
de quem muito consumiu,
em ouro que não luziu
nessa alma que procura.


Cristina Pinheiro Moita /Mim/

 
Autor
mim
Autor
 
Texto
Data
Leituras
873
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
28 pontos
20
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Antónia Ruivo
Publicado: 26/12/2008 18:04  Atualizado: 26/12/2008 18:04
Colaborador
Usuário desde: 08/12/2008
Localidade: Vila Viçosa
Mensagens: 3906
 Re: Vestido de Matrapilho
Os sem abrigo, e cada vez são mais,muito sentimento e muita sensibilidade no seu poema, beijinhos


Enviado por Tópico
António MR Martins
Publicado: 26/12/2008 18:10  Atualizado: 26/12/2008 18:10
Colaborador
Usuário desde: 22/09/2008
Localidade: Ansião
Mensagens: 5064
 Re: Vestido de Matrapilho
Mim,

Superior seu poema...no pensamento e na escrita. E neste tempo tanta comida, tanta doçaria se compra e tanto se estraga, com tantos a passar fome...

Com um beijinho e os cumprimentos extensivos aos familiares.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 26/12/2008 18:23  Atualizado: 26/12/2008 22:48
 Re: Vestido de Matrapilho
Nunca é demais escrever-se sobre as desigualdades sociais!
EU PRÓPRIO QUANDO É OPORTUNO ABORDO ESSE TEMA. não são só poemas de mel (azevias)!

Beijos com carinho


Enviado por Tópico
VónyFerreira
Publicado: 26/12/2008 18:47  Atualizado: 26/12/2008 18:47
Membro de honra
Usuário desde: 14/05/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 9702
 Re: Vestido de Matrapilho
Um oportuno e belo poema, amiga!
Numa altura do ano os desperdícios proliferam, nunca é demais lembrar esse flagelo social.
Um beijo e um bom ano para ti!
Vóny Ferreira


Enviado por Tópico
MartaVasil
Publicado: 26/12/2008 20:25  Atualizado: 26/12/2008 20:25
Da casa!
Usuário desde: 30/11/2008
Localidade:
Mensagens: 215
 Re: Vestido de Matrapilho
Mim

Soberbas palavras crítico/reflexivas desta realidade tão dolorosa em que alguns vivem e que escapa aos olhos de quem devia ter maiores responsabilidades sobre eles.
"Numa alma sofrida
abriu os braços
ao céu
e a prenda emergiu...

Pois encontrou o resto da gula
de quem muito consumiu,
em ouro que não luziu
nessa alma que procura."

Palavras que dizem muito sobre a desumanidade que atapeta as nossas ruas "airosas, iluminadas, garridas" de tanta insensatez.
Um dos meus/seus favoritos

Beijinhos por ter deixado fluir do seu coração tanta sensibilidade!

Marta vasil


Enviado por Tópico
Carolina
Publicado: 26/12/2008 22:09  Atualizado: 26/12/2008 22:09
Colaborador
Usuário desde: 04/07/2007
Localidade: Porto
Mensagens: 3535
 Re: Vestido de Matrapilho
Ohhh Mim, que sina a destes homens e mulheres que vivem no limiar da pobreza, aliás muito bem retratados por ti neste poema, tanta desigualdade social, muito vista e lembrada nesta época de excessos, é triste!

beijinho e um óptimo ano novo.


Enviado por Tópico
valdezz
Publicado: 26/12/2008 22:21  Atualizado: 26/12/2008 22:21
Novo Membro
Usuário desde: 10/12/2008
Localidade:
Mensagens: 3
 Re: Vestido de Matrapilho
triste realidade tão bem retratada por vc amigo poeta, bom te ler.obrigado pela simpatica visita


Enviado por Tópico
quidam
Publicado: 26/12/2008 22:39  Atualizado: 26/12/2008 22:39
Colaborador
Usuário desde: 29/12/2006
Localidade: PORTIMÃO
Mensagens: 1438
 Re: Vestido de Matrapilho
Sem palavras para este «Vestido de Matrapilho»...
Jinho


Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 27/12/2008 17:11  Atualizado: 27/12/2008 17:11
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 11186
 Re: Vestido de Matrapilho
Cristina,
Tu tens um coração de ouro!
Poema soberbo, onde a sensibilidade se cruza com a crítica social, muito oportuna.
Que o 2009 seja o ano da fraternidade!
Beijinhos na alma
Nanda
Open in new window


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 27/12/2008 18:05  Atualizado: 27/12/2008 18:05
 Re: Vestido de Matrapilho
Querida Mim,
O mal_trapilho desde sempre existiu e de certo um dia deixará de ser, se outros como tu continuarem a fazer sua parte.Gostei demais do texto!
Bjins, Betha.