https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

AMOR CIÚME

 
 
AMOR CIÚME
 
AMOR CIÚME
(Declinações do verbo Gostar)

Gosto de ti,
tanto, tanto!,
que sinto ciúmes loucos
do tempo que é só teu,
do silêncio do teu quarto,
da distância que te afasta
quando me dizes adeus...
Gosto de ti,
e agora
já não há cor nem há brisa,
não há flor ou passarinho
que fique comigo aqui...
o melhor parte contigo,
por tanto gostar de ti!
A vida sabe-me a nada,
escurece, insalubre,
o dia é luz que se apaga,
o tempo, espera que ilude...
E eu
de louca me chamo,
quando me toma o ciúme...
não sei se das coisas que amo,
por te tomarem de mim...
ou se de ti,
porque tomas
tudo o que quero aqui!...
(contigo...)


Teresa Teixeira


 
Autor
Sterea
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1277
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
AntóniodosSantos
Publicado: 06/02/2009 20:25  Atualizado: 06/02/2009 20:25
Colaborador
Usuário desde: 10/12/2008
Localidade: Lisboa
Mensagens: 1005
 Re: AMOR CIÚME
Minha Amiga Sterea

O seu poema é lindo...

Mas cuidado que o ciúme em demasia... pode matar o amor...

Com carinho do Amigo

António