https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

O CRAVO E A ROSA

 


NO JARDIM DA POESIA BELA ROSA ESTÁ TÃO TRISTE
- NÃO PORQUE O CRAVO TENHA BRIGADO OUTRA VEZ COM ELA -
MAS PORQUE A VIL SAUDADE, TRAIÇOEIRA, INDA PERSISTE
EM MANCHAR DE SANGUE E DOR OS SEUS VERSOS NESTA TELA...
.
NO JARDIM DA POESIA LADO A LADO ELES CRESCERAM
SE GOSTANDO E ATÉ TROCANDO JURAS DE UM ETERNO AMOR,
MAS NUM DIA TENEBROSO MUITOS AS ROSAS COLHERAM
LEVANDO DO CRAVO O BEM, DEIXANDO-O SOMENTE A DOR...
.
E COM O PASSAR DOS ANOS, EM CAMINHOS PARALELOS,
ROSA E CRAVO EM SI GUARDARAM OS SEUS MOMENTOS TÃO BELOS
DE TERNURA, PAZ, CARINHO E UM AMOR QUE JAMAIS VISTES...
.
HOJE O CRAVO FALECEU, ROSA TRISTE ENTÃO MURCHOU
NA AMARGURA DA SAUDADE, RECOLHENDO O QUE RESTOU
DO QUE CHAMAM, NA VERDADE: UM GRANDE AMOR SEM LIMITES!
.
marinho gil

 
Autor
marinhogil
 
Texto
Data
Leituras
3070
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
amopoesias
Publicado: 01/03/2009 03:33  Atualizado: 01/03/2009 03:33
Da casa!
Usuário desde: 24/07/2008
Localidade:
Mensagens: 311
 Re: O CRAVO E A ROSA
Querido poeta, mesmo conhecendo seu trabalho, não poderia deixar de vir na sua pág.exprssar o carinho qu tenho por sua pessoa. Já nos acostumamos a interagir diariamnte nas nossas comunidades, e aqui também não será diferente,
bjs
Diná