https://www.poetris.com/
 
Prosas Poéticas : 

Verão

 
Ser Verão em ti, beijar-te solstício anéis de pele... Estio desnudo de sombras, soprar-te todo o tempo assim... De sorrisos e histórias deles, resplandecendo pela tua linha equador... Trópicos alvos de espanto, olhos de verdade diamante... Trovoada sem chuva, este mundo meu desconhece as horas de equinócio... Este mundo meu é Verão por ti...


«Antes teor que teorema, vê lá se além de poeta és tu poema»

Agostinho da Silva

 
Autor
bruno.filipe
 
Texto
Data
Leituras
593
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Renata
Publicado: 13/03/2009 21:17  Atualizado: 13/03/2009 21:19
Super Participativo
Usuário desde: 14/02/2009
Localidade:
Mensagens: 138
 Re: Verão
olhe bruno, ou antes, leia-me bruno, o que você aqui escreveu é extraordinariamente belo. Mas sabe qual é o seu azar?
é não pertencer ao grupo dos "dinossauros".
esses... entretém-se a olhar para as suas panças!
gostei muito