https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

O desconhecido vendedor de melancias

 
debaixo de uma frondosa mangueira
na parada de onibus em frente ao mercado
ele chega na mesma epoca
com um caminhão carregado de melancias e esperanças

as descarrega com muito cuidado
e as arruma em volta da arvore
trabalha sem descansar - sol a sol
dormindo sobre as caixas de madeiras
e pouco a pouco suas mercadorias são vendidas
aos clientes quie reclamam sempre dos preços

e uma manhã ele vai embora em silencio
sem ninguém saber de onde ele é.

www.rnrodrigues.over-blog.com
www.desterro.forumactif.com

 
Autor
r.n.rodrigues
 
Texto
Data
Leituras
809
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Henricabilio
Publicado: 14/04/2009 23:40  Atualizado: 14/04/2009 23:40
Colaborador
Usuário desde: 02/04/2009
Localidade: Caldas da Rainha - Portugal
Mensagens: 6963
 Re: O desconhecido vendedor de melancias
Tanta gente passa incógnita debaixo do nosso nariz. Mas debaixo da mangueira está-se bem é a arregaçar as mangas e comer manga... rss. Um abraçooo luso! Abíl!o