https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

criação

 
chora ,desliza o que sinto,
saudade melancolia e dor.
ingrato ato que realizo.
de tudo que antes fora amor;


penetra o arrpendimento.
na alma que vaga destinta.
pálida translúcida de sentidos.
fragilidde triste bendita;

soa trombetas de infortúnio.
decisões tolas e parcas
eis que o tempo não torna
a atitudes pueris e vagas

a dor que causo é efeito
consequencia de coisa impessada
do que deitou-me no peito
do que atinei ser fracassada

quero voltar ao que era
quero perdão e retorno
a alma chora e fala
sou de tua vida ESTORVO



POUCO SEI DA ARTE DA ESCRITA POREM DO NADA QUE LEIO DO MUITO QUE VEJO E DAQUILO QUE NAO ENTENDO SOMENTE APRECIO A UNICA CERTEZA AMO POESIA

 
Autor
daywyston
Autor
 
Texto
Data
Leituras
418
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 30/04/2009 22:58  Atualizado: 30/04/2009 22:58
 Re: criação
"chora ,desliza o que sinto,
saudade melancolia e dor.
ingrato ato que realizo.
de tudo que antes fora amor;"

Assim é a dor de um amor que se acaba.
Fica a saudade para lembrarmos e por vezes machuca tanto que sangra o peito!

Parabens pelo poetar!

Beijos

Rosa