https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

posto de observação

 
Ao meu posto de observação
volto, esperando sinais
como as inesperadas revelações.

Para posto de observar
todos servem;
qualquer ou nenhum
se presta,
estejam abertos
ou fechados, os olhos.

Observe-se o rosto,
encare-se a vida
de frente, com gosto.


José Jorge Frade

 
Autor
josejorgefrade
 
Texto
Data
Leituras
483
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
AnaCoelho
Publicado: 02/05/2009 21:20  Atualizado: 02/05/2009 21:20
Colaborador
Usuário desde: 09/05/2008
Localidade: Carregado-Alenquer
Mensagens: 11972
 Re: posto de observação
Encarar a vida e frente sem medo eis um optimo conselho.

Beijos