https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

Procura-te

 
Procura-te,
Pelo grande cobertor das aparências
Pela névoa atómica da purificação dos seres
Pelas paredes turbulentas do vácuo dinâmico do Mundo
Pelas janelas que crescem nas paredes do Horizonte
Descobre quem és
Enfim, encontra-te!
Lá estarei, para te achar
Por entre o rumor rubro e lento de um sol morrente
Que esconde a tua ardente sombra
E por entre um punhal infinito e repleto de ânsia.
Dia após dia, luto por ti…
A luta faz-se cinza
E a cinza faz-se dor.
Mas como uma rima de água fria
Num verso corrente
A distância oculta a sua fragilidade:
Não vence
Nem destrói
Aquilo que o amor conquista.
Será?!?



Callisto

 
Autor
Callisto
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1352
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
25 pontos
17
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 22/06/2009 17:09  Atualizado: 22/06/2009 17:09
 Re: Procura-te
Olá...gostei de mais...e pergunto-me
todos os dia....

"A distância oculta a sua fragilidade:
Não vence
Nem destrói
Aquilo que o amor conquista.
Será?!?"


Enviado por Tópico
Liliana Jardim
Publicado: 22/06/2009 18:59  Atualizado: 22/06/2009 18:59
Luso de Ouro
Usuário desde: 08/10/2007
Localidade: Caniço-Madeira
Mensagens: 4577
 Re: Procura-te
Olá Callisto, bem vindo....
Poema intimista e profundo.

....A distância oculta a sua fragilidade:
Não vence
Nem destrói
Aquilo que o amor conquista.
Será??

Beijinhos
Tudo de bom para ti poeta


Enviado por Tópico
AnaCoelho
Publicado: 22/06/2009 21:22  Atualizado: 22/06/2009 21:22
Colaborador
Usuário desde: 09/05/2008
Localidade: Carregado-Alenquer
Mensagens: 12103
 Re: Procura-te
Uma procura do eu para poder amar e estar onde o amor levar...um poema profundo que gostei de ler.

Beijos


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 24/06/2009 00:40  Atualizado: 24/06/2009 00:40
 Re: Procura-te
Bem-vinda a este site.Poema muito intimista com uma excelente mensagem. Um fazer acordar e despontar de sentimentos.

Muito bonito

Beijo azul


Enviado por Tópico
AntóniodosSantos
Publicado: 24/06/2009 20:53  Atualizado: 24/06/2009 20:53
Colaborador
Usuário desde: 10/12/2008
Localidade: Lisboa
Mensagens: 1005
 Re: Procura-te
Boas vindas à família Luso... e logo com um belo poema...

Continue a escrever mais...

Voltarei para ler a sua ecrita...

Com amizade

A.S.


Enviado por Tópico
madruga
Publicado: 24/06/2009 23:43  Atualizado: 24/06/2009 23:43
Participativo
Usuário desde: 21/04/2009
Localidade: Braga
Mensagens: 31
 Re: Procura-te
gostei imenso deste poema
continua que eu quero mais

madruga


Enviado por Tópico
Caopoeta
Publicado: 25/06/2009 00:02  Atualizado: 25/06/2009 00:02
Colaborador
Usuário desde: 12/07/2007
Localidade:
Mensagens: 2027
 Re: Procura-te
...talvez me aperceba desse triangulo a que tu te submeteste ou mesmo desenhaste no imginário( nao o queria)mas seria bem mais facil encontrar-te, sem cobertores ou mesmo lençoes ( faz calor) com o fogo das cinzas de tanto doer!

gostei deste e do outro...

fica bem.


Enviado por Tópico
ROMMA
Publicado: 28/06/2009 22:37  Atualizado: 28/06/2009 22:37
Colaborador
Usuário desde: 29/10/2008
Localidade:
Mensagens: 2462
 Re: Procura-te
a procura do "eu" do "tu"
num encontro de descoberta onde lá
estarei "eu" estarás "tu"
para achar-me
para achar-te
"Por entre o rumor rubro e lento
de um sol morrente"

Belas palavras no teu poema
Belo sentir nobre dentro do teu "eu"

Um beijo!


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 03/08/2010 11:57  Atualizado: 03/08/2010 11:57
 Re: Procura-te P/ callisto
Ola minha querida!

A distância oculta a sua fragilidade:
Não vence
Nem destrói
Aquilo que o amor conquista.
Será?
!?

Uma pergunta que somente o tempo pode dar resposta. Excelente poema

Beijo azul
Tia