https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Paixão : 

Dana da Noite

 
Dama da noite

Curvo-me diante da tua nobreza
Enternece a beleza do teu ato
Da de comer a quem tem fome
Já sem vida estava a libido.

Agora satisfeito vejo-te como és
Carne e osso pra qualquer um
Mesa farta pra quem tem fome
Tua profissão vulgar é milenar.

Sai de mansinho sem rastro
Deixando pra traz fartura
Quem quiser que se lambuze
Pra te pouco importa o gosto.

Tchau querida, vilã da vida.
Sem tu como acalmar a gula
Estava eu sem comer
Agora lerdo de tanto prazer.


Jamaveira


Jamaveira - O medo escraviza a Alma

 
Autor
jamaveira
Autor
 
Texto
Data
Leituras
514
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
MALUBARNI
Publicado: 23/06/2009 18:21  Atualizado: 23/06/2009 18:21
Da casa!
Usuário desde: 09/05/2009
Localidade: Viila Nova de Gaia
Mensagens: 294
 Re: Dana da Noite
Jamaveira és eterno boêmio e cantas como tal.Se a dama faz alguém feliz, que bom, seja bem vinda.Bjs.Malu