https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

afinal também fui poema

 
 
Open in new window


Hoje vesti-me de silêncio
E sou apenas ouvinte
Dos aplausos mudos
Que ainda me ecoam
Na mente...

Sou palhaço
A tempo inteiro
Dentro ou fora
Do meu palco
Que ri e faz rir
Ou que também chora
Por detrás da cortina
Quando se emociona
Como qualquer outro...

Mas hoje apetece-me
Ser só um palhaço
De cara lavada
Sem riso
Nem choro
Velando o meu sonho
No embalo tranquilo
De um inquietante
Instante silencioso

E sorrio
Para mim mesmo
Quando me penso
Ser um simples louco
Um louco
Que se ri de si mesmo
Assim... só porque sim!

E que mal fará isso
Se hoje me sinto feliz assim?
Sim eu sei
Sou um louco palhaço sonhador...


*... vivo na renovação dos sentidos, junto da antiguidade das lembranças, em frente das emoções...»

Impulsos

coisa pouca

Este poema faz parte de um desafio feito a quem o quisesse agarrar. E eu agarrei-o!
O primeiro texto já aqui foi publicado ontem e hoje saiu-me mais este
 
Autor
cleo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
913
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
31 pontos
15
0
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
saozinha
Publicado: 02/08/2009 15:54  Atualizado: 02/08/2009 15:54
Colaborador
Usuário desde: 09/08/2008
Localidade:
Mensagens: 1606
 Re: afinal também fui poema
Cleo.

E que bonito poema.

Sabes a primeira impressão desta imagem foi esta,a de um palhaço no fimde espetaculo,de cara lavada,sem cores,sem roupas coloridas,entregue a solidão que se deve sentir no fim da actuação,metade tristeza,metada alegria,metade despida,metade vestida.

O teu poema está exelente.

É uma honra poder escrever sobre estes desafios com pessoas que escrevem como tu.

Beijo

Enviado por Tópico
amandu
Publicado: 02/08/2009 15:59  Atualizado: 02/08/2009 15:59
Colaborador
Usuário desde: 24/03/2008
Localidade: LISBOA
Mensagens: 3651
 Re: afinal também fui poema
SERÁ QUE ÉS UM PALHAÇO CERTO OU APENAS UM SONHADOR. SERÁ UM PALHAÇO UM MAIS CERTO. DIVULGA ANDA CLEO.
ABRAÇO E UM DOMINGO ALEGRE.
AMANDU

Enviado por Tópico
(re)velata
Publicado: 02/08/2009 16:05  Atualizado: 02/08/2009 16:05
Colaborador
Usuário desde: 23/02/2009
Localidade: Lagos
Mensagens: 2181
 Re: afinal também fui poema
Foste um belo poema, sem dúvida! Destaco esta linda estrofe, que transpira tranquilidade:

«Mas hoje apetece-me
Ser só um palhaço
De cara lavada
Sem riso
Nem choro
Velando o meu sonho
No embalo tranquilo
De um inquietante
Instante silencioso»

Parabéns! Continua a sonhar assim

Beijinho

Enviado por Tópico
AnaCoelho
Publicado: 02/08/2009 16:05  Atualizado: 02/08/2009 16:06
Colaborador
Usuário desde: 09/05/2008
Localidade: Carregado-Alenquer
Mensagens: 12082
 Re: afinal também fui poema
Hoje vestiste de novo esta imagenm inspiradora, e mostras a tua criatividade em prosa e poesia, pois não sei de qual gosto mais se a prosa ou este poema, bem gosto dos dois.

Só é pena não ter havido mais quem aceitasse este desafio...mas tu vales por duas

Beijos

Enviado por Tópico
cleo
Publicado: 02/08/2009 16:12  Atualizado: 02/08/2009 16:12
Luso de Ouro
Usuário desde: 02/03/2007
Localidade: Queluz
Mensagens: 3857
 Re: afinal também fui poema
Meus amigos e amigas desta casa, é sempre um prazer poder contribuir de livre e espontânea vontade em desafios realmente inspiradores como o foi e continua a ser, este.

Obrigado pelas vossas leituras e o vosso constante e atento apoio aos meus singelos escritos, que, ao que parece, ainda continuam a ser bem aceites por todos os que me lêem .

Beijo

Enviado por Tópico
Betha Mendonça
Publicado: 02/08/2009 16:58  Atualizado: 02/08/2009 16:58
Colaborador
Usuário desde: 01/07/2009
Localidade:
Mensagens: 6741
 Re: afinal também fui poema
Cara Cleo,
Todos os dias temos de levantar e continuar o espetáculo.Cara pintada ou lavada, somos palhaços na vida e nas emoções.Apreciei para além da reflexão o teu poema. :)
Bjins, Betha.


Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 02/08/2009 23:04  Atualizado: 02/08/2009 23:04
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 11186
 Re: afinal também fui poema
Cleozinha,
Um poema em forma de ternura. A mesma ternura que os palhaços nos inspiram.
Beijinhos na alma
Nanda

Enviado por Tópico
António MR Martins
Publicado: 02/08/2009 23:12  Atualizado: 02/08/2009 23:12
Colaborador
Usuário desde: 22/09/2008
Localidade: Ansião
Mensagens: 5064
 Re: afinal também fui poema
Cleo,

E o sonho comanda a vida... não é?
Gosto muito de te ler na poesia. As tuas prosas são muito boas, mas a tua poesia tem sempre algo que a suplanta (pelo menos para mim...). E nesta vivência de palhaços, que vais transmitindo, está grandiosa...

Beijinho

Enviado por Tópico
ângelaLugo
Publicado: 03/08/2009 03:38  Atualizado: 03/08/2009 03:38
Colaborador
Usuário desde: 04/09/2006
Localidade: São Paulo - Brasil
Mensagens: 14964
 Re: afinal também fui poema p/ cleo
Querida amiga Cleo

Adoro ler-te e infelizmente não ando
com muito tempo para estar aqui como
antes, então por isso não tenha lido
tantos poemas que você postou e que
hoje li alguns, como sempre você é
uma maravilhosa escritora, não consigo
ler um só poema teu que não me leve a
reflexão, pois são sempre emocionantes
e com muitas mensagens de amor, esperança
e todos os sentimentos que nos envolve
a vida....

Parabéns por ser esta pessoa de alma linda
e por mais este belo poema....

Uma semana de paz amor e felicidade

Beijinhos no coração

Enviado por Tópico
poesiadeneno
Publicado: 03/08/2009 20:01  Atualizado: 03/08/2009 20:01
Colaborador
Usuário desde: 27/06/2009
Localidade:
Mensagens: 1407
 Re: afinal também fui poema
Cléo,

Li alguns comentários e não compreendi porque é que se fala em desafio.
Vi qualquer coisa onde acabei por não fazer login,seria isso.Se era tenho pena.Fica para a próxima.

A prosa estava esplêndida o poema não lhe fica atrás.

Um poema que sai do fundo do coração.

Beijos


Enviado por Tópico
Maria Verde
Publicado: 05/08/2009 00:13  Atualizado: 05/08/2009 00:15
Colaborador
Usuário desde: 20/01/2008
Localidade: SP
Mensagens: 3544
 Re: afinal também fui poema
Oi Cleo,

O palhaço sempre foi um figura que me encanta e ao mesmo tempo me inquieta... pela ambiguidade da vida real e sua vida de sorrisos! Teu poema nos abre as cortinas da cochia para enxergarmos isso. maravilhoso! Adorei ler!

"Ah, no palco da ilusão
Pintei meu coração
Entreguei
Amor e sonhos sem saber
Que o palhaço
Pinta o rosto pra viver..." (Antônio Marcos)

beijo

Enviado por Tópico
luisalpsimoes
Publicado: 05/08/2009 00:25  Atualizado: 05/08/2009 00:25
Colaborador
Usuário desde: 02/03/2009
Localidade: Ansião
Mensagens: 591
 Re: afinal também fui poema
Cleo como comentei na tua prosa, sei que és capaz de isto e muito mais.
O desafio feito a ti própria foi conseguido, como não podia deixar de ser.
Sinceros parabéns.

Beijinhos

Enviado por Tópico
vandapaz
Publicado: 09/08/2009 22:28  Atualizado: 09/08/2009 22:28
Colaborador
Usuário desde: 22/11/2006
Localidade: Lisboa
Mensagens: 572
 Re: afinal também fui poema
Fantastico este poema, para ler reler e pensar...

Beijos