Sonetos : 

Agosto

 

Vai sereno caindo o mês de Agosto
Outro Agosto em tantos já vividos
E eu sentindo a magia do sol-posto
Reavivar-me sentires adormecidos

Vai caindo Agosto e eu escrevo
Doces lágrimas, saudades que bebo
No colo do silêncio, devagar
Não vá o calor de Agosto findar

Vai caindo em mim sem fazer alarde
O teu gosto daquele Agosto já tarde
Quando o sol já rumava ao horizonte

E as tuas mãos são em mim a passear
Carícia fresca do meu saciar
Frescura assim bebo da tua fonte

Nita Ferreira

 
Autor
NitaFerreira
 
Texto
Data
Leituras
630
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
DiogoABR
Publicado: 04/08/2009 18:07  Atualizado: 04/08/2009 18:07
Muito Participativo
Usuário desde: 29/07/2009
Localidade:
Mensagens: 51
 Re: Agosto
Nita, Gostei! Continua

Enviado por Tópico
poesiadeneno
Publicado: 04/08/2009 19:57  Atualizado: 04/08/2009 19:57
Colaborador
Usuário desde: 27/06/2009
Localidade:
Mensagens: 1405
 Re: Agosto
Nita Ferreira,

Um bonito poema de nostalgia feito.

Gostei.

Grato por partilhar.


Beijo