https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Sombrios : 

Crosta

 
Paredes escuras, humidade viva e sufocante.
Doce lar infernal que me embriaga os sentidos,
E me faz seu escravo, um defunto amante...
Não sou mais que isso desde tempos antigos...

As minhas vísceras já as consumi eu próprio;
Entusiasmei-me com falsas e frágeis esperanças
Que findaram antes mesmo de se tornarem vício,
Tornando meus fortes desejos em atitudes mansas...

Alimentava-me de mim próprio sofregamente
Para não morrer consumido pelo meu cubículo.
E assim lá ía sobrevivendo dolorosamente,
Deixando a Morte abandonada e o Diabo fulo.

Agora que me conheço por dentro e por fora,
Submeto minha alma e espírito aos meus caprichos.
Expulsei-os de mim e em muito boa hora.
Não passavam de vermes, repelentes bichos.

Os espíritos, outrora atrás de minha alma,
Atacam-me, atazanam-me, enlouquecem-me.
Riem-se de mim, ouço-os à noite na cama.
Cheio de medo e intranquilo querem ver-me...

Não me dão um minuto de tréguas que seja.
Querem os restos que deixei de mim próprio
Mesmo que nas derradeiras forças eu me veja,
Querem-me desperto, alerta e sóbrio...

Chupam-me as entranhas até ao tutano;
Sou seu alimento e desprezível brinquedo;
Uma oferenda a um deus tirano,
Que se livrou de meus irmãos muito cedo...

Vagueio de mão em mão à espera
De que um dia felizmente me abandonem.
Era o princípio de uma nova Era;
Desejem-me isso, rezem e sonhem.

Necessito de liberdade; não, de ser livre!
Longe da merda, perto da vida...
Talvez o único sítio onde não estive,
Pois sou alguém que só com a Morte lida.

Com Ela faço todo o tipo de jogos,
Mas o que mais gosto é o das "Escondidas"!
Digo-lhe:-"Não me apanhas, talvez mais logo!"
E enfadada vai ceifar outras vidas...

Mas morrerei e tal como nasci.
Sem nada e com nada para sempre.
Com um vazio foi como vivi...
Quem me dera ainda estar no ventre...<br />

 
Autor
gera
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1025
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
2
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
SystemError
Publicado: 18/09/2008 16:40  Atualizado: 18/09/2008 16:40
Participativo
Usuário desde: 17/09/2008
Localidade:
Mensagens: 15
 Re: Crosta
tá fixolas chavalo

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 15/04/2015 01:58  Atualizado: 15/04/2015 01:58
 Re: Crosta
acho que em algum momento da vida,alguem suspira esse desejo
o de «ainda estar no ventre» o mundo as vezes é bem malvado fora dele.

boa noite.

ઇઉ eusouvc