Poemas -> Amor : 

Encuralado ao cerco da mente

 
Encuralado ao cerco da mente
 
Fadado a atos que não estão a meus limites.
Guardo sempre na sombra do pensamento,
o desejo do amor
que reparte e repele
o coração da mente
Desafiando ainda mais
meu pensar
e a força do coração.



Open in new window

Arthur Gameiro


 
Autor
ArthurGameiro
 
Texto
Data
Leituras
1354
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
8 pontos
8
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Alexis
Publicado: 19/08/2009 14:25  Atualizado: 19/08/2009 14:25
Colaborador
Usuário desde: 29/10/2008
Localidade: guimarães
Mensagens: 7238
 Re: Encuralado ao cerco da mente p/ arthur
gostei deste poema que ilustra um certo conflito entre o pensar e o sentir e os tenta unir numa só voz.

beijo,
alex


Enviado por Tópico
Maluzinha
Publicado: 21/08/2009 22:47  Atualizado: 21/08/2009 22:47
Super Participativo
Usuário desde: 16/07/2009
Localidade: Rio de Janeiro - Brasil
Mensagens: 159
 Re: Encuralado ao cerco da mente
Vc virou um dos meus poetas prediletos.
Lindo poema.
Não tenho nada mais a escrever.
Beijinhos!


Enviado por Tópico
ÔNIX
Publicado: 10/09/2009 00:35  Atualizado: 10/09/2009 00:35
Membro de honra
Usuário desde: 08/09/2009
Localidade: Lisboa
Mensagens: 2683
 Re: Encuralado ao cerco da mente
Os desafios a que nos sujeita a mente, divide-nos entre a emoção e a razão

Gostei muito Arthur

Abraço

Matilde D'Ônix


Enviado por Tópico
Cristal12
Publicado: 10/09/2009 02:39  Atualizado: 10/09/2009 02:39
Participativo
Usuário desde: 09/09/2009
Localidade: Minas Gerais
Mensagens: 21
 Re: Encuralado ao cerco da mente
O que é nosso existir sem travar estas batalhas diárias, entre a razão e a emoção. Lindo texto poeta, obrigado pelo carinhoso comentário em meu poema. Abraços.