Poemas -> Desilusão : 

Com lágrimas na voz

 
Tags:  loucura    voz    existência    louca    vós    sinificante  
 
Com lágrimas na voz

Invento uma noite só p'ra mim
Uma noite fantasia(significante)
Nada de verdade, só a fingir que sim
Noite insondável no tempo volante.
Noite imaginária onde procuro viver
Sem sobressaltos nem loucura.
E num leve sono tudo o mais esquecer
Até esta minha existência madura.

Com lágrimas na voz
É como se nem me conhecesse!
Mas bate no peito o coração!Por vós!
E pelo tempo que fui! Senão talvez até morresse.
O que digo nestas frases?!
Terei a minha cabeça oca?!
De que me julgar, serão capazes?!
E porque não?! Digam, ela está louca!

Mas esta noite, estou renovada
Ergo-me nas ondas, sou barco,
Ouço até lá longe a trovoada...
Mas me distancio, já me aparto.

rosafogo

Regressada duns dias de férias, a todos cumprimento desejando que se encontrem com saúde.
beijo


Na plenitude da felicidade, cada dia é uma vida inteira.
Johann Wolfgang Von Goethe



 
Autor
rosafogo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
562
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
AnaCoelho
Publicado: 06/09/2009 22:29  Atualizado: 06/09/2009 22:29
Colaborador
Usuário desde: 09/05/2008
Localidade: Carregado-Alenquer
Mensagens: 11956
 Re: Com lágrimas na voz
Um regressoa num poema de renascimento com um final muito bom.

Beijos