https://www.poetris.com/

 
« 1 ... 5135 5136 5137 (5138) 5139 5140 5141 ... 5143 »
Textos deste autor
Offline
jorgehumberto
MULHER E MÃE
Por tudo, O que sendo para mim, Não foste p’ra ti Pelas muitas noites Acordada, Sofrida, Espe...
Enviado por jorgehumberto
em 14/05/2006 20:57:14
Textos deste autor
Offline
jorgehumberto
MEA CULPA
Fogueira de exibição, Teorema, corolário, Verso que é verso Tem de ser ordinário, Por favor,...
Enviado por jorgehumberto
em 14/05/2006 17:36:42
Textos deste autor
Offline
AAA
MÃE, SINTO FALTA DE VOCÊ
MÃE, SINTO FALTA DE VOCÊ Mãe ! Cheguei ao mundo chorando e naquele pranto aliviou o meu medo. ...
Enviado por AAA
em 14/05/2006 15:57:05
Textos deste autor
Offline
jorgehumberto
BRANCAS MANHÃS
Nas árvores as manhãs, Na luz o sabor, Das largas maçãs, Grávidas de cor... Das brancas manh...
Enviado por jorgehumberto
em 13/05/2006 18:26:21
Textos deste autor
Offline
jorgehumberto
ANJO OU DEMÓNIO
Eu nasci no deserto, Como coisa Jogada fora, Sou filho provindo Do mais alto de mim, Que prev...
Enviado por jorgehumberto
em 12/05/2006 19:01:42
Textos deste autor
Offline
Junior A.
Estás aqui
Mais uma noite que chega,e com ela A certeza de que seria apenas mais uma solidão Se você não est...
Enviado por Junior A.
em 12/05/2006 16:00:00
Textos deste autor
Offline
jorgehumberto
ALGO NA MADRUGADA
Sossego o meu espanto. Cai uma névoa fria, paralela ao rio, Que se esconde detrás das luzes, ...
Enviado por jorgehumberto
em 11/05/2006 17:34:02
Textos deste autor
Offline
Dionísio Dinis
Entre as mãos...
Entre as mãos a cabeça apertada no espaço deixada feita independência insanamente livre a cabeça ...
Enviado por Dionísio Dinis
em 10/05/2006 21:30:00
Textos deste autor
Offline
Baguera
Plic! Ploc!
Plic! Água, água minha! Ploc! Não, não te vás! Plic! Sou planta, ervinha. Ploc! Sem ti, viver não...
Enviado por Baguera
em 10/05/2006 15:20:00
Textos deste autor
Offline
Isa
Alma vazia de sonhos
Com a alma vazia de sonhos, sinto meu coração, sofrido, a sangrar. Ávida de uma mão amiga, ouço...
Enviado por Isa
em 10/05/2006 10:52:43
Textos deste autor
Offline
Isa
Brisa morna
Sinto o teu silêncio como uma brisa brisa morna varrendo o meu corpo sensual refrescando o meu ca...
Enviado por Isa
em 10/05/2006 10:49:37
Textos deste autor
Offline
visitante
CAMISOLA DE CETIM
©Sicouza Entrei, estavas de costas, olhando pela sacada os últimos raios do sol e a lua ch...
Enviado por visitante
em 10/05/2006 02:17:48
Textos deste autor
Offline
AAA
SÉCULO XX
Século xx Em pleno século xx, quando já se a...
Enviado por AAA
em 07/05/2006 19:22:26
Textos deste autor
Offline
sebastiaoalves
Busca
Busca 1998 Num momento Uma palavra se tornou necessária, Ele se dedica com fulgor à tarefa meli...
Enviado por sebastiaoalves
em 07/05/2006 16:00:00
Textos deste autor
Offline
TrabisDeMentia
Pena não!
Essa expressão em teu rosto é de humilhação? Esses olhos se desviam de vergonha para o chão? Não ...
Enviado por TrabisDeMentia
em 06/05/2006 19:31:08
Textos deste autor
Offline
visitante
Nasci pra te dizer bom dia
Nasci esta manhã pra te dizer Bom Dia!!! O céu esta pesado...nublado... Me desculpe,se robei o so...
Enviado por visitante
em 05/05/2006 16:50:00
Textos deste autor
Offline
AAA
PAI OU MONSTRO
PAI OU MONSTRO É o começo, q...
Enviado por AAA
em 04/05/2006 23:09:06
Textos deste autor
Offline
sebastiaoalves
Quem sou...
Quem sou... Quem sou... Não sei... Mas, seja o que for, acho que não sou boa coisa... O que sei ...
Enviado por sebastiaoalves
em 04/05/2006 17:50:00
Textos deste autor
Offline
jorgehumberto
O CIO DO BARRO
Entre o cio e a terra, deito dedos no barro, moldo, remexo e afago, o húmus que este encerra. ...
Enviado por jorgehumberto
em 04/05/2006 16:18:08
Textos deste autor
Offline
Junior A.
Sinto
Vivo,porém ainda não existo Sinto,aquilo que não posso dizer Desejo,aquilo que não tenho Sonho,co...
Enviado por Junior A.
em 03/05/2006 22:43:40
« 1 ... 5135 5136 5137 (5138) 5139 5140 5141 ... 5143 »