Dia da mãe

Seleção dos poemas, frases e mensagens mais populares da categoria dia da mãe

Minha Mãe

 
Para todas as Mães um grande beijinho!

Minha Mãe

Dizem que não há amor igual
ao amor de uma mãe.
É verdade e quem desmente
todas nós que os tivemos
e quem não os teve também.
Minha Mãe foi minha guia
brilhando como um farol
o que aprendi não esqueci
a luz que nunca apaguei
mais forte que o próprio Sol.
Quem as tem que as estime
têm a sua grata presença
porque amor igual a esse
procurem que não encontram
nem com uma candeia acesa!
À Virgem, que é mãe de todos
roguemos com devoção
pelas mães que estão na terra.
As que já vivem no Céu…
beijinhos numa sentida oração.

Dia Feliz
Helena de Pina Manique
 
Minha Mãe

Dia das Mães

 
                 Dia   das  Mães
 
Hoje é o dia das Mães
Hoje é o dia das Mães???
Coloque a mesa
Divida os pães.

Cante uma seresta
Ofereça seu olhar para ela
Caminhe na paralela
Que festa é esta?

A onde foram todos
Se chegue beije-lhe a testa
Para onde foram
Que festa é esta!

Todo dia é o dia
Do Pai, do filho,da Mãe
Coloque a mesa
Divida os pães.

Nereida



Para todas as Mães, presente ou já distante
mas, em nosso coração sempre.
 
                 Dia   das  Mães

MÃE

 
MÃE
 
Á TODAS AS MÃES DO LUSO
EXTENSIVO ÁS MÃES DE TODOS OS
POETAS.
O MEU ABRAÇO E UM BEIJO CARINHOSO

MÃE

Mãe é amor
Mãe é ternura
Mãe é dor
Mãe é candura.

Mãe é fortaleza
Mãe é perdão
Mãe é firmeza
Mãe é emoção.

Mãe é coração
Mãe é pura luz
Mãe é compreensão
Mãe é anjo que conduz.

Mãe que nos criou
Mãe que nos ensinou
Mãe que nos guiou
Mãe que nos amparou.

Mãe és o acalento da humanidade
Embora adulto o filho quer um colinho
Mãe para ti ele nunca tem idade
Sempre será o teu eterno FILHINHO.

♫Carol Carolina
 
MÃE

~mãe~

 
~mãe~
 
Já fui rocha multicolor
estagnada no âmago
do Índico.

Já fui aura triste
roçando o útero da terra.

Já fui pérola epiléptica
engravidando
a lua cheia.

Já fui grilo esfomeado
comendo lírios
e entoando epopéias.

Já fui mel procurando abelhas
Já fui pulmão caçando oxigénio

Já fui tudo e menos nada
mas, só me tornei humano
quando rasguei as suas entranhas...
(MÃE).


"Cada menino nascido faz nascer uma mãe..."

Mia Couto
 
~mãe~

FOTOGRAFIA DE MÃE

 
Fotografia de mãe

Mãe, teu curto andar
Traduz em mim sentimento
E lembro a todo momento
Como era teu caminhar.

Mãe, como eu queria
Não ver teu olhar cansado
Teu cabelo esbranquiçado
Das lutas de todo dia

Vi numa fotografia
Que teu sorriso era encantador
Parecia até o brotar de uma flor
Sorrindo para a poesia.

Teu cabelo tão bonito
Lembrava uma artista de cinema
Fotografado num belo poema
Imortalizado-se no infinito.

Lucineide
 
FOTOGRAFIA DE MÃE

DOÇURA DE MÃE (Dia das Mães)

 
DOÇURA DE MÃE (Dia das Mães)
 
“Mãe é a mulher que faz luz
Na vida diária
De cada filho amado”

-----------------------------------------------------------------------

POR FAVOR, PARA MELHOR LEITURA, CLIQUE NO POEMA
 
DOÇURA DE MÃE (Dia das Mães)

MÃE, preciso tanto de ti!

 
MÃE, preciso tanto de ti!
 
 
* Ivone Brazão *

Há tanto tempo,
que te vi partir
e naquele momento
dissemos adeus
com um “até sempre”!

Há tanto tempo,
que a espera
do “até sempre”
tarda!

Aflita
para que nada aconteça!
Feliz
pelo bom que me apareça!

Há tanto tempo
e os anos passam;

Mãe,
preciso tanto de ti!

José Manuel Brazão
 
MÃE, preciso tanto de ti!

Angelus Mater

 
Angelus Mater
 
Angelus Mater
by Betha M. Costa

Mãe é Anjo supremo
Eleva-se alada e sublime
Acima de Serafins e Querubins

Mater semper Angelus est...

Banha-se em límpidas águas
De puras fontes inspiradoras
Das mais belas hostes celestiais

Angelus semper mater est...

Mãe liga o humano à divindade
Do ventre materno até a eternidade
Aproxima a criação do Criador

Mater semper est – Angelus.
 
Angelus Mater

Mãe Querida...

 
O meu preito de homenagem a todas as MÃES do Mundo, neste Dia da Mãe...

Mãe Querida ...

São para ti, Mãe Querida,
Da Terra as mais lindas flores,
Que para me dares a vida
Por mim superaste dores...

Teu regaço foi guarida...
Teu carinho...Teus amores...
O teu Amor não se olvida...
Raiar de todas as cores...

Mãe que agora lá no Céu,
Na Boa Graça de DEUS,
Por mim velas, cá na Terra...

Com carinho e emoção
Te guardo em meu coração,
Toda a beleza que encerras...
 
Mãe Querida...

PARA TODAS AS MÃES

 
Nós devíamos beijar
O seu ventre que nos deu a vida.
Os seus olhos, que nos olharam de amor.
As suas bocas, que tantos beijos nos deram.
Os seus corações, que por nós morreriam.
As sua almas, plenas de sensibilidade.
Os seus corpos, que por muito sofriam
O seu amor, que data desde de sempre
Os seus seios, que nos mataram a sede.
As suas mãos, que nos deram a comer.
Os seus braços, que de amor nos apertaram.
Os seus ouvidos, que nos souberam escutar.
Os seus cérebros,que por nós se cansaram.
Os seus pés, que por nós, muito andaram.
Sim! Porque elas são nossas mães.
Porque elas são a nossa Rosa dos Ventos.
Porque são mulheres
E mulher e mãe, é símbolo de beleza

A. da fonseca
 
PARA TODAS AS MÃES

Mãe

 
MÃE
é a palavra mais bela
tem a letra de Maria
tem a letra do Amor
Estrela da nossa alegria!
*********
Luz de estrela

Lá esta ela no céu a piscar, como seduz
foi Deus que lhe concedeu os raios de luz!

Os raios são de ouro puro, feitos do olhar
do pequenino Jesus que ali está a brincar.

Olha a sua Mãe, pede lhe um só cabelo
e faz bem feitinho um brilhante novelo.

Mete-o na cesta da sua encantadora Mãe
dá-lhe um beijinho que sabe tão bem!

Aos pulinhos, sorri, corre em liberdade
marotices próprias da sua tenra idade.

Correndo á seara, apanha uma espiga
e vê maravilhado que um grão abriga.

Como um magico amassa-o com a mão
vem o sol cozeu-o e o trigo, é agora um pão!

Ele é um menino, mas o semblante fica sério.
Seu Pai o prepara para o tão grande mistério…

A essência emana das uvas frescas e túmidas…
colhe e come-as com o pão de mãos unidas.

Esquece alegre e descuidado, fome saciada
volta e deita-se no colo da sua Mãe amada.

Adormece, cansado, os caracóis afagados
por mão temerosa e de olhos amargurados.
 
Mãe

AMOR INCONDICIONAL

 
AMOR INCONDICIONAL
 
Bem-aventurada seja à mulher
que por um dom original
torna-se mãe biológica
amorosa, especial

e a àquela que se faz mãe
por um poder excepcional
doando-se ao filhos alheios
na sublime adoção

bem-aventurado seja o homem
que por dom do seu coração
desvela-se em cuidados
ao revelar sentimento maternal

uns e outros - sem titubear
entregam aos filhos
o desejado amor incondicional!

Maria Lucia (Centelha Luminosa)
 
AMOR INCONDICIONAL

A Tua essência (saudade em paz...)

 
 
A tua essência
Elen de moraes kochnan

Na taça
dos teus seios
bebi, gota a gota,
sem receios,
a borbulhante seiva da vida.

No amparo
do teu amor,
resisti às dores,
ao despreparo,
às angustias e temores.

Nos braços
das tuas preces,
soltei os laços
que me atavam a estresses
e fracassos.

Sob o clarão
do teu saber,
a minha escuridão
fiz alvorecer.
Clareei minhas ignorâncias.

Nas águas
dos teus olhos
mergulhei...
Bebi da sua transparência...
A alma purifiquei
no bálsamo da tua essência!

Obrigada, Mãe!
 
A Tua essência (saudade em paz...)

Márcia: uma Mãe brasileira

 
Márcia: uma Mãe brasileira
 
 
Uma janela pro etéreo

Há muito descobri a janela pro etéreo
E por ela me comunico contigo
E das últimas notícias sei que estás bem
Acomodado em teu novo ninho
Amoldado ao teu novo trabalho
E que embora o hajam convidado
A voltar você não quiz
E te respeitaram o arbítrio...
Sei que me vais esperar
Aí vamos nos encontrar
Uma vez mais nos abraçar
E, por certo, um outro plano de vida
Juntos vamos firmar
E hoje
Em que farias a mesma idade que eu
Lembrei-me como era bom o teu aniversário
Meu querido marido festeiro
Alegre como um menino
E aprendi a fazer bolos
Por força desse gostar
E em todas as festas surpresas
Que aprendemos a trocar
Fosse no dia do meu, em que tantas vezes sorri
Surpreendida por tua imaginação, tuas flores
Música, e um verdadeiro esconde esconde
E...de repente um buffet inteiro aparente
E da minha parte a mesma coisa
Surpresa, alegria, encantamento
Acho que foi por isso que tanto durou
Nunca houve agruras, nem reclamações
Tomamos as rédeas de nossas vidas
Como se fossem uma trilha desconhecida
Que precisássemos domar
Em aventura infinita
E foram tantos dias belos
Tanta lida incrivelmente repartida
E tantas trocas e conhecimentos
Reconhecimentos de nossos eus
E tanto o teu colo foi meu
Como o meu também foi teu
E se eu pudesse te daria naquele momento
Tão triste e tenso da partida
O meu próprio respirar
Durou pouco
Fez se a luz
Veio o consolo e a ternura
Maior que o sol ou que o luar
Pra sempre a nos acompanhar
Quantas vezes te visitei
E quantas aqui te vi
E nesse dia especial que jamais esqueci
Estou aqui te abraçando
Plasmando nesta poesia o presente
No meu coração a semente
De todo imenso amor
Germinado em ti e por ti
E onde quer que estejas
Na estrela mais bonita
No por do sol mais dourado
No raio de luar sedimentado
Exposto em rosto ao mar
Recebe o meu amor
E dos nossos filhos também
Que cada um ao seu modo
Soube te acalantar
Por que plantastes a semente
Do “tudo” comemorar
Feliz aniversário latente
Na lembrança da tua vida
Que em mim, em nós, ficou
Pra sempre.....

Homenagem ao Ka - em 25/09/2010
Márcia Fernandes Vilarinho Lopes

Neste dia querendo homegaear a Mulher-Mãe brasileira escolhi como símbolo Márcia Fernandes Vilarinho Lopes uma Mulher exemplar Amiga de todos os Autores, intimamente ligada ao site literário Casa da Poesia.

http://nocaminhodasemocoes.blogspot.com/
 
Márcia: uma Mãe brasileira

PARTO SEM DOR (A todas as mães órfãs de filhos)

 
Aquela mulher engravidou num dia de gelos, estuprada violentamente por dores que lhe cortaram o peito e a fecundaram de desesperanças. Sim, não foi no ventre que a criança se aninhou na espera... foi no seu peito, fazendo do seu coração útero e berço, fazendo das suas lágrimas fluido protector, fazendo da sua saudade âmnio seguro!
Aquela mulher é mãe ainda. Depois de sê-lo, antes de o ser... Um dia, o parto será encontro, união, esvoaçar de abraço. E o Dia da Mãe cumprir-se-á eterno...
 
PARTO SEM DOR (A todas as mães órfãs de filhos)

SER MÃE!

 
SER MÃE!
 
 
SER MÃE!

by FatinhaMussato

Ser mãe...
É ser ventre que aloja em si
A vida que Deus confia...
É ser palavra que conforta
E com doçura alivia
Toda dor que se sentia!

Ser mãe...
É ser colo que agasalha,
Ser ninho que abriga,
É ser braço que acolhe,
É ser beijo que cura,
Em cada um de seus rebentos,
Feridas do corpo e da alma...
Aliviar o corpo e a alma embalar!

Ser mãe...
É ser educadora
Que ensina a viver
E prepara seus filhos
Para na vida vencer
A luta contra o mal
Que no mundo ainda está,
Ensinando que a vida
Pode ser vivida em Paz!

Ser mãe...
É ser candura,
Ser doçura,
Ser calor...
Ser co-criadora com Deus!
É ser pela vida,
É ser pela luz!
É ter com a Vida
Um caso de amor!

Poema INÉDITO Nesta Data
São José do Rio Preto (SP-BR), 05/maio/2010 - quarta-feira – 13h15m.

Imagem: Google

Música: Elvira Madigan / W.A.Mozart
 
SER MÃE!

Alma Dividida

 
Mãe,
Consegue dividir sua alma em duas,
Com a coragem de superar a dor
E com a sensibilidade do amor,
Faz das tristezas dos filhos, suas!

Feliz dia das Mães!
 
Alma Dividida

MÃEZINHA

 
Mãezinha

Oh,minha querida mãezinha
No meu jardim és uma bela flor
Escuto, mãe, tua voz fraquinha
Chegando a mim com amor.

Pertinho de ti me sinto segura
Teus conselhos me dão alento.
Eles me passam muita bravura
Servem-me, mãe, de alimento.

Obrigada, minha mãezinha querida
Pelos muitos sábios ensinamentos.
No meu jardim, mãe, até a margarida
Tem inveja dos teus encantamentos.
Lucineide
 
MÃEZINHA

*A MÃE DAS MÃES

 
*A MÃE DAS MÃES
 
*À Mãe das Mães

Está na Bíblia os breves escritos
Na visita à casa da prima Isabel
Bendita és tu entre as mulheres
Bendito é o fruto do vosso ventre
Jesus, que veio com poderes
Obedeceu a mãe com dizeres:

Eis a mãe da humanidade, de fé,
E expirou cumprindo a missão
A mãe que tantos nomes recebe:
Nossa Senhora da Conceição
De Fátima, de Lourdes, Das Dores,
Do Perpétuo Socorro, de Nazaré,

Do Bom Parto, dos Navegantes,
Senhora do Amparo, dos Agonizantes,
Apareceu em Fátima, em Portugal
Na Cova da Iria a pleno meio dia
A Lúcia, Jacinta e Francisco, infantis,
Numa azinheira apareceu com alegria.

Vestida de branco brilhante qual sol
Espargindo uma luz parecia cristal
De beleza e candura sem igual
Um rosário de pérolas pendia em prol
Pedindo paz à Primeira Guerra Mundial
E seis aparições seguiram-se, afinal.

A ti que submissa aceitaste a missão
Como mãe multiplicas amor, bondade,
Que seja tua força exemplo e união
Como símbolo, modelo justiça, lealdade,
Neste oito de maio reviva a glória
Seja infinita tua lembrança na história.

Sonia Nogueira
 
*A MÃE DAS MÃES

CONSTANTEMENTE MÃE.

 
Mãe que me trouxe à vida,
Me ensinou as primeiras palavras,
Seguiu meus primeiros passos.

Mãe no amor sem dimensão,
No suave afago,
Na estima e preocupação,
No desvelo extraordinário.

Mãe que permanece na minha prece,
No meu imenso carinho e respeito,
Na constante saudade.
...

MENSAGEM MATERNAL.

Quando a noite abre o manto, minha filha,
Na fluidez de veludo que há no vento,
Venho sempre afagar-te o pensamento,
Ao luar da saudade que rebrilha...

Psicografado por Chico Xavier.
Fonte: O Mensageiro.
 
CONSTANTEMENTE MÃE.