https://www.poetris.com/

 
Textos deste autor
Offline
SEMEANO
POEIRA
Na poeira dos dias,no nevoeiro da manhã Sou aquele que vê tudo Aquele que vê ou nada vê Não sei o...
Enviado por SEMEANO
em 01/08/2016 23:05:17
Textos deste autor
Offline
SEMEANO
FUMAÇA
Estou aqui sentado neste banco de jardim....a relembrar esse passado de fumaça.. Junto á igreja d...
Enviado por SEMEANO
em 13/08/2014 23:07:25
Textos deste autor
Offline
amacsequeira
Nevoeiro
Nevoeiro O nevoeiro descia na cidade e a Avenida tornava-se num cais, de penumbra e mistério… Ent...
Enviado por amacsequeira
em 10/01/2012 16:24:45
Textos deste autor
Offline
rosafogo
ATRAVESSO A VIDA
ATRAVESSO A VIDA Atravesso a vida Conheço o travo da solidão Ando em afectos dividida...
Enviado por rosafogo
em 30/12/2010 20:00:59
Textos deste autor
Offline
João Marino Delize
Ponte
Ponte Entre mim e você havia uma ponte Que a tempestade um dia destruiu Mas ago...
Enviado por João Marino Delize
em 05/07/2010 15:30:54
Textos deste autor
Offline
Edilley Possente
O velho jardineiro
Contou me o velho jardineiro Um grande colchão de névoas Uma bola de fogo,das chuvas As plánicie...
Enviado por Edilley Possente
em 31/12/2009 12:58:56
Textos deste autor
Offline
nunorita
eu não sou...
eu não sou nem nuvem nem aventureiro, sou homem do nevoeiro. meias descalças, mãos sem marcas, se...
Enviado por nunorita
em 12/12/2009 17:18:19
Textos deste autor
Offline
Juhanna
Nevoeiro dessa vida!
Corro contra ao tempo No meio do nevoeiro serrado Fico parado olhando o momento Desatento de uma ...
Enviado por Juhanna
em 27/11/2009 23:46:24
Textos deste autor
Offline
rosafogo
Queria tanto!?
Queria tanto!? Queria tanto Mergulhar em noites de sono Mas este rosário de desencanto Me leva d...
Enviado por rosafogo
em 26/08/2009 15:43:30
Textos deste autor
Offline
Juhanna
O nevoeiro do amor
Quando amamos... o nevoeiro da imensidao tapa-nos a nossa visao! A visao de agir A visao de ve...
Enviado por Juhanna
em 08/07/2009 22:50:11
Textos deste autor
Offline
Raul Cordeiro
Lugar à beira de um rio
Não me vou incomodar Com o que acredito ser ou parecer Sou teu barco, forma de caravela Sou tua v...
Enviado por Raul Cordeiro
em 14/04/2008 23:58:26
Textos deste autor
Offline
visitante
Dia de nevoeiro
Dia cinzento e frio Gosto tanto assim de ti Quando trazes o nevoeiro! Vejo-te alegremente, como s...
Enviado por visitante
em 06/12/2007 12:23:28