https://www.poetris.com/

 
Offline
AlexandreSilva
À noite
Não sei como. Não sei quando. Nem porquê. Os teus olhos enfeitiçaram os meus. À noite, sorrindo. ...
Enviado por AlexandreSilva
em 07/04/2015 15:29:04
Offline
AlexandreSilva
A história da minha mão
Esta é a história da minha mão, naquela noite fria, de ternura presente, de ânsia quase permanent...
Enviado por AlexandreSilva
em 06/04/2015 15:51:34
Offline
AlexandreSilva
A forma de te querer
A forma de te querer é deixar que me queiras... As palavras, risos, silêncios, abraços, beijos......
Enviado por AlexandreSilva
em 06/04/2015 15:50:07
Offline
AlexandreSilva
A alma saiu
Como temos saudade mesmo antes de a ter? Como sentimos a falta do outro mesmo antes de o ver? Com...
Enviado por AlexandreSilva
em 06/04/2015 15:26:41