https://www.poetris.com/

 
(1) 2 3 4 ... 14 »
Offline
Manuela Fonseca
Casulos humanos
Quando as pessoas decidem sair dos seus acomodados casulos ou labirintos aprendem a ser o que sem...
Enviado por Manuela Fonseca
em 16/10/2011 19:15:52
Offline
Manuela Fonseca
Hennessy's
Estava frio naquele dia de Dezembro e eu enroscava-me na minha manta branca aos quadrados azuis e...
Enviado por Manuela Fonseca
em 08/01/2011 18:58:22
Offline
Manuela Fonseca
Filho da Lua
Que poderei eu fazer A não ser deixar queimar o medo Em fogo secreto que acendo E calar este s...
Enviado por Manuela Fonseca
em 19/10/2010 19:29:36
Offline
Manuela Fonseca
O castigo
Senti na alma o castigo De uma solidão interior Atravessei o tempo Nas dores comuns De um silênc...
Enviado por Manuela Fonseca
em 16/10/2010 07:48:24
Offline
Manuela Fonseca
AMIZADE
Recuso-me a ser aprisionada seja por quem for. Dou o meu melhor como mãe. Preocupo-me com os meus...
Enviado por Manuela Fonseca
em 29/09/2010 16:33:24
Offline
Manuela Fonseca
Mancha Humana
Decorria o ano de 1803. Tropas britânicas atacavam Dezenas de aldeias africanas Na tarde quent...
Enviado por Manuela Fonseca
em 28/09/2010 19:07:48
Offline
Manuela Fonseca
Não te detenhas em mim
Não te detenhas em mim Deixa apenas que me enrosque No teu sofá verde água E poise o rosto no teu...
Enviado por Manuela Fonseca
em 30/08/2010 08:40:40
Offline
Manuela Fonseca
Na intensidade dos gestos
Na intensidade dos gestos Só sei navegar Pela ausência do mar Que há muito tempo Me deixou e...
Enviado por Manuela Fonseca
em 20/08/2010 08:03:55
Offline
Manuela Fonseca
Hoje choveu sobre a minha infância
Hoje choveu sobre a minha infância. Todos os vestígios que os meus pés deixaram no chão desaparec...
Enviado por Manuela Fonseca
em 16/08/2010 16:34:41
Offline
Manuela Fonseca
Feliz Aniversário, Rosa Maria Anselmo!
Neste dia 29 de Julho Nasceu uma menina Há quantos anos? não me lembro... Não importa a memóri...
Enviado por Manuela Fonseca
em 29/07/2010 07:45:41
Offline
Manuela Fonseca
O saber ler do ver
Passa a vida que sempre passa Pelo canto da mente E nas horas já vividas Espera-se a nova que há-...
Enviado por Manuela Fonseca
em 16/07/2010 08:38:41
Offline
Manuela Fonseca
Cartas de amor
Só ela sabia escrever cartas de amor Sentada a um canto da janela Olhava a planície alentejana Po...
Enviado por Manuela Fonseca
em 30/06/2010 07:56:22
Offline
Manuela Fonseca
Becos e esquinas que me pertencem
A amizade tem os seus becos e esquinas bem delineados. E os dias que passam por cima de nós, vão-...
Enviado por Manuela Fonseca
em 14/06/2010 18:37:41
Offline
Manuela Fonseca
Dá-me o pão que te fica intacto
Dá-me o pão que te fica intacto Para que as minhas mãos Se aninhem em concha Qual sonho de crian...
Enviado por Manuela Fonseca
em 18/05/2010 16:47:47
Offline
Manuela Fonseca
Abstenho-me de Verbos Imperfeitos
Abstenho-me de Verbos Imperfeitos Conjugados no Pretérito Perfeito da Vida Pelo Presente do In...
Enviado por Manuela Fonseca
em 28/04/2010 10:10:01
Offline
Manuela Fonseca
Numa enfadonha colecção de horas
Numa enfadonha colecção de horas somos os demónios e os anjos uns dos outros a resposta dos ano...
Enviado por Manuela Fonseca
em 04/04/2010 19:18:45
Offline
Manuela Fonseca
Dobrei a carta...
"Dobrei a carta e deixei que as lágrimas se tocassem no sorriso da razão de todas aquelas le...
Enviado por Manuela Fonseca
em 03/04/2010 18:43:04
Offline
Manuela Fonseca
És especial
ALGO DE INATINGÍVEL As pessoas são solitárias porque constroem paredes em vez de pontes. (Jose...
Enviado por Manuela Fonseca
em 31/03/2010 19:09:04
Offline
Manuela Fonseca
Feliz Natal a todos os amigos e poetas desta casa!
FELIZ NATAL As coisas mudaram o hábito de estarem ali as gavetas ficaram vazias e o espaço aume...
Enviado por Manuela Fonseca
em 07/12/2009 21:19:45
Offline
Manuela Fonseca
O Guardião de Sonhos
O Guardião de Sonhos Fica comigo nas noites de Inverno Acalmando os meus medos E incertezas Nos s...
Enviado por Manuela Fonseca
em 07/12/2009 19:44:07
(1) 2 3 4 ... 14 »